Início > Principal > São Paulo registra primeiro óbito por gripe suína/Influenza A.

São Paulo registra primeiro óbito por gripe suína/Influenza A.

10 de julho de 2009

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (10) a morte de uma menina de 11 anos de Osasco (SP) por causa da nova gripe.Veja abaixo o comunicado oficial da Secretaria:
A Secretaria de Estado da Saúde informa que, lamentavelmente, registrou um óbito de paciente infectado com o vírus da Influenza A (H1N1), popularmente conhecida como gripe suína, no Estado de São Paulo. A vítima é uma menina de 11 anos que faleceu no último dia 30 de junho, seis horas após dar entrada na emergência de um hospital privado.
A criança teve início de sintomas (dor abdominal, vômito, febre) no dia 28 de junho. No dia 29, apresentou febre de 39 graus, tosse, dores no corpo e vômitos. No dia seguinte foi levada pelos pais ao hospital com sinais de choque séptico. Ela deu entrada na emergência hospitalar, fez exames de raio-x, ultra-som, liquor e eletrocardiograma, tendo sido medicada e internada na Unidade de Terapia Intensiva, onde teve uma parada cardio-respiratória e faleceu.
O corpo da criança foi enviado ao Serviço de Verificação de Óbitos (SVO), onde foi feita investigação da causa da morte. Entre as suspeitas, foram descartados dengue, meningite, leptospirose e febre amarela. Não houve relato, por parte dos familiares da vítima, de viagem ao exterior ou de contato com pacientes sintomáticos de gripe.
No dia 1º de julho, o irmão da criança, de 7 anos, começou a apresentar sintomas de gripe e foi levado ao Instituto Emílio Ribas, onde colheu amostras para diagnóstico de influenza A. Apesar de apresentar quadro considerado leve, a criança foi internada em isolamento respiratório, mas já recebeu alta com recomendação de isolamento domiciliar. A mãe da criança, que apresentava sintomas leves, como coriza e tosse, também teve amostras colhidas para exame, que deram positivo para gripe A. Também foi recomendado isolamento domiciliar para a paciente.
O pai da criança apresentou sintomas de gripe no dia 4 de julho. No dia 7, foi ao Instituto Emílio Ribas, onde também colheu material para análise e foi internado em isolamento respiratório, porque é hipertenso. O exame laboratorial do pai deu positivo para influenza A.
Com o resultado positivo do irmão da vítima, o Centro de Vigilância Epidemiológica, com apoio do Instituto Adolfo Lutz, imediatamente iniciou investigação para verificar se a menina também tinha sido vítima da nova gripe. O resultado da análise, que apontou influenza A, ficou pronto no último dia 8 de julho e foi rechecado para ter total segurança dos resultados. O diagnóstico final foi conhecido nesta sexta-feira, dia 10.
O Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria está investigando os contatos desta família e das crianças. Foi constatado que outra criança, contato próximo do irmão da vítima, também é positivo para influenza A. Ela passa bem e tem apenas sintomas leves da doença.
Até o momento o Estado de São Paulo registra 457 casos confirmados da nova gripe. No total, cinco pacientes estão internados.
Fonte:Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo.

%d blogueiros gostam disto: