Início > Principal > A Responsabilidade Social da Mídia e do Estado frente a epidemia Mundial de Tabaco.

A Responsabilidade Social da Mídia e do Estado frente a epidemia Mundial de Tabaco.

13 de julho de 2009

As crianças e os jovens que praticam esportes são menos prováveis do que seus pares de iniciar o hábito de fumar, mas estudo recente sugere que o esporte pode não superar a influência da mídia em geral, e a do cinema/TV em particular.
Uma série de estudos constataram que a mídia de imagens de tabagismo pode afetar as chances de crianças e adolescentes em adquirir e retomar o hábito.
Um novo estudo, relatado no jornal “Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine,” sugere que a influência dos filmes pode lamentavelmente desfazer alguns dos efeitos positivos da equipe esportiva.
O estudo analisou o comportamento de mais de 2.000 jovens entre 9 e 14 anos de idade,que foram investigados durante sete anos, e atesta que adolescentes que não estiveram envolvidos com atividade esportiva têm duas vezes mais chances de fumar.
No entanto, quando os pesquisadores analisaram entre os participantes a exposição ao fumo nos filmes, encontraram evidências de mídia entre todos adolescentes, sendo eles praticante de esportes ou não.
A linha de fundo para os pais é que, embora esporte possa de fato, diminuir as chances seus filhos se tornarem tabagistas, as imagens da mídia ainda tem um forte impacto, de acordo com a Dra. Anna M. Adachi-Mejia do Dartmouth Medical School, New Hampshire.
Mas os pais não devem ficar só no policiamento dos jovens que sofrem exposição ao tabagismo na tela. Mas deveriam cobrar atitude mais responsável por parte da Mídia.
Proibir o fumo para os jovens atores/atrizes que participam de filmes ou séries de TV, ou ainda estabelecer uma classificação especial para filmes que contenham tabaco, são duas medidas que as emissoras de Televisão e a indústria cinematográfica poderiam ter.
“Este estudo aponta para a necessidade de políticas explícitas abordando as formas de minimizar a exposição à juventude a mídia direta ou indireta, pois sabemos que a Indústria tabagista no Mundo todo, e no Brasil em particular atua em várias frentes, distribuindo brindes e mesmo, junto a universitários, através de programas com personalidades com nítido objetivo de capturar novos clientes,” afirma o Dr. Marcos Nascimento, professor da PUCPR e consultor da PULMÃO S.A.
“A Mídia têm um grande papel de Responsabilidade Social junto as suas audiências, mas o Estado precisa atuar mais incisivamente, pois tem o dever soberano de zelar pela saúde dos seus cidadãos, e medidas como proibir o fumo em lugares públicos, proibir o fumo durante o ato de dirigir, por exemplo, tão perigoso como atender celulares, precisam de regulamentação do Congresso Nacional urgente, pois o filme da vida está passando diariamente,” complementa o Professor.
FONTE: Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine, de Julho de 2009.
Pulmão S.A.

%d blogueiros gostam disto: