Início > Principal > Relatório Americano diz que Exército deveria proibir o fumo.

Relatório Americano diz que Exército deveria proibir o fumo.

13 de julho de 2009

Relatório encomendado pelo governo dos Estados Unidos sugere que as autoridades deveriam proibir o consumo do tabaco no Exército do país em 20 anos. O Instituto de Medicina (IOM, na sigla em inglês) afirma que 30% dos militares são fumantes, o que eleva os gastos do governo em saúde. Segundo o documento, o Departamento de Defesa americano gasta mais de US$1,6 bilhão todos os anos em serviços médicos ligados ao tabaco, tratamento hospitalar e ausências no mercado de trabalho. O relatório indica que o número de fumantes no Exército aumentou desde 1998 e pode chegar a 50% entre os oficiais que voltaram do serviço militar no Iraque e no Afeganistão. O relatório ressalta que os soldados que fumam têm menos preparo físico, apresentam pior visão noturna e demoram mais para se recuperar de ferimentos. “Esses soldados estão essencialmente colocando suas vidas em risco duas vezes: uma ao servir o país e a segunda ao servir o tabaco”, disse Stuart Bondurant, que liderou o comitê responsável pelo relatório.
Fonte: 2009 report Combating Tobacco in Military and Veteran Populations.

Categorias:Principal
%d blogueiros gostam disto: