Início > Pare de Fumar / Quit, Principal > Tabagismo Passivo? Não Obrigado®- Secondhand Smoke? No, Thanks®.

Tabagismo Passivo? Não Obrigado®- Secondhand Smoke? No, Thanks®.

22 de setembro de 2009

Tabagismo Passivo? Não Obrigado®

Estudo realizado em 13 cidades que baniram o tabaco de ambientes públicos confirma que a restrição é um excelente instrumento na promoção da saúde pública.Neste estudo publicado na revista “Circulation” há a confirmação de que ao se promover proteção para o tabagista passivo, há proteção dupla: para quem não fuma e para os fumantes também.O Estudo evidencia a redução de eventos cardiovasculares como infarto agudo do miocárdio em cerca de  17 % no momento imediato a restrição pública ao fumo no primeiro ano da implantação da medida e chega a promover queda nestes eventos de 36% no terceiro ano da lei antifumo destas  cidades da Europa, Canadá e Estados Unidos.

Nos Estados Unidos o fumo passivo é responsável por 46.000 mortes apenas de infarto agudo do miocárdio. O Tabagismo é responsável pela ocorrência de mais de 50 doenças,como vários tipos de câncer, enfisema pulmonar e Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica( DPOC).

Por Estes motivos o Editor chefe da PULMÃO S.A. Dr. Marcos Nascimento, Md. defende o slogan:                                  Fumo Passivo?  Não Obrigado®!

ENGLISH VERSION:

ENGLISH

SECONDHAND SMOKING? NO, THANKS®!

According to the U.S. Centers for Disease Control and Prevention, long-term exposure to secondhand smoke can raise heart disease rates in adult nonsmokers by 25 percent to 30 percent.

Secondhand smoke kills an estimated 46,000 Americans every year from heart disease alone, the CDC and Heart Association say. Smoking also causes several types of cancer, stroke and emphysema or chronic obstructive pulmonary disease.

A Study published this Monday (09/22), in Medical Journal Circulation pooves that Smoking bans in public places can reduce the number of heart attacks by as much as 36 percent, offering fresh proof that the restrictions work, said U.S. researchers.They urged widespread bans on smoking in enclosed public places to prevent heart attacks and improve public health.

For this causes. the PULMÃO S.A. Chief Editor Dr. Marcos Nascimento,Md.  advocates the slogan “SECONDHAND SMOKING? NO, THANKS!®

%d blogueiros gostam disto: