Início > Principal > CDC Recomenda 3 ações para o combate contra a gripe – CDC Recommends 3 Actions to fight the flu

CDC Recomenda 3 ações para o combate contra a gripe – CDC Recommends 3 Actions to fight the flu

1 de outubro de 2009

O Centro de Prevenção e Controle de Doenças dos Estados Unidos(CDC), publicou três grandes ações para enfrentamento da gripe:

1.VACINE-SE:

• O CDC recomenda a vacina contra a gripe sazonal anual (gripe comum) como o primeiro e mais importante passo na proteção contra a gripe sazonal. A PULMÃO S.A. alerta para o fato de que em uma epidemia viral pode haver ocorrências de coinfecções  por vírus influenza de cepas diferentes como o “novo” H1N1/A,  o  H3N2, ou ainda um vírus do tipo B.Ou mesmo coinfecção provocada pela bactéria pneumococcus.

Portanto, ocorre além de coinfecções por cepas virais diferentes, tem ocorrido coinfecção bacteriana,sendo a mais comum o pneumococcus.Por isto, a PULMÃO S.A. tem recomendado para que se vacine contra a gripe sazonal e contra o Pneumococcus(vacina denominada Pneumo 23)

• Embora existam muitos diferentes tipos de vírus da gripe, a vacina antiinfluenza sazonal protege contra os três vírus sazonais que mais provocaram gripe no período outono -inverno anterior.
• A vacinação tem uma importância crucial para pessoas com alto risco de complicações sérias da gripe,como por exemplo: crianças, mulheres grávidas, pessoas com condições crônicas de saúde como a asma, diabetes, ou do coração( Insuficiência cardíaca) e do pulmão( Tabagismo, DPOC, Asma brônquica), e pessoas com 65 anos ou mais.
• A vacina contra a gripe sazonal também é recomendada para os trabalhadores da área de saúde e outras pessoas que vivem ou cuidam de pessoas de alto risco para protegê-las  e evitar que adoeçam.
• A vacina sazonal não protege contra 2009 H1N1, mas protege contra as co infecções virais,logo determina uma infecção mais branda, com menos morbidade e portanto, complicações.
• Uma nova vacina contra o H1N1 estará sendo disponibilizada agora em outubro de 2009 no Hemisfério Norte, e em 2010, no Hemisfério Sul.
• Vale a pena lembrar que entre as pessoas com maior risco de infecção pelo H1N1 estão:

i)crianças;

ii) mulheres grávidas;

iii) E pessoas com condições crônicas de saúde como a asma, diabetes ou doenças cardíacas e pulmonares(tabagismo,asma,DPOC), anemia falciforme e hipotiroidismo;
iv) Profissionais de saúde;

• Peça ao seu médico orientações a respeito do H1N1.

2.PROFILAXIA:

•Observe a Etiqueta da Tosse: Cubra o nariz e a boca com um lenço descartável quando tossir ou espirrar. Jogue os papéis no lixo logo depois de usá-los.
• Lave sempre as mãos com água e sabão. Se o sabão e a água não estiverem
disponíveis, use álcool gel.
• Evite tocar seus olhos, nariz e boca. Os vírus e outros germes se propagam por estas vias;
• Tente evitar o contato próximo com pessoas portadoras da síndrome gripal(gripe);
• Se você está doente com síndrome gripal,chame um médico,ou vá a um posto de Saúde ou unidade Hospitalar.
•Caso viaje,siga as orientações da saúde pública local;

•Evite aglomerações: como cinemas ou shoppings. Isto diminuirá a propagação (contágio) da gripe.

3.TRATAMENTO ADEQUADO E PRECOCE:

Caso esteja com sintomas gripais como:

Febre,tosse ,dor de garganta ,nariz escorrendo ou entupido ,dores no corpo, dor de cabeça, arrepios(calafrios) e fadiga. Algumas pessoas também podem ter vômitos ,diarréia e conjuntivite, procure imediatamente um médico.

Ele prescreverá o tratamento da síndrome gripal com oseltamivir ou Zanamivir, antivirais disponíveis no mercado internacional, aos quais há boa resposta contra o H1N1.

É importante que caso não haja sinais de gravidade como batimento de asa do nariz, esforço respiratório, frequência respiratória maior que 26, saturação de O2 < 95%, ou que o paciente seja pertencente a  um dos grupos de risco, que ele seja tratado com o anti viral e seja isolado, ou seja esteja em quarentena, se adulto por pelo menos 7 dias, e se for criança por pelo menos 14 dias(tempo de contágio).Esta medida é de extrema importância, pois por si só evita que haja contágio e ao mesmo tempo que haja transnmissão de um vírus modificado, ou em outras palávras, que tenha sofrido mutação por causa do uso do medicamento.

Caso sinais de gravidade estejam presentes, se faz necessário a internação do paciente.

Veja também:

PULMÃO S.A. Divulga Vídeos da Turma Da Mônica contra gripe Suína

RECOMENDAÇÕES AS ESCOLAS- GRIPE SUÍNA/INFLUENZA A/ H1N1

Gripe suína/H1N1: Defensoria Pública da União denuncia governo por omissão

“Licções” do Passado a respeito das Pandemias que podemos aplicar no presente…

Segundo Editorial a Respeito da Gripe Suína/Influenza A

Influenza A: Recomendações aos viajantes

FONTES:

PULMÃO S.A.- Sua Atmosfera, Sua Vida!

CDC- USA

English Version:

The Center for Prevention and Disease Control (CDC) has published three major actions to fight the flu:

1. VACCINATE:

• The CDC recommends the vaccine against seasonal influenza annually (common cold) as the first and most important step in protecting against seasonal influenza. THE PULMAOSA alert to the fact that in a viral epidemic may happen co-infections by the influenza virus of different strains as the “new” H1N1 / A, or an H3N2, or one type B influenza virus or even co-infection caused by bacteria pneumococcal.

Therefore, there is also co-infections by different viral strains and bacterial co-infection has occurred, the most common being the pneumococcal. For this reason, PULMAO SA has recommended the vaccine against seasonal flu and a Pneumococcal vaccine (called Pneumo 23)

• Although, there are many different strains of influenza, seasonal influenza vaccine protects against the three viruses that caused more seasonal influenza in the autumn-winter before.
• Vaccination has one crucial importance for persons at high risk for serious flu complications, such as: children, pregnant women, people with chronic health conditions such as asthma, diabetes, or heart (heart failure) and lung (smoking, COPD, Asthma), and people aged 65 years or more.
• The vaccine against seasonal influenza is also recommended for workers of health sector  and other people who live or care for persons at high risk just to protect them and prevent them from getting sick.
• The seasonal vaccine does not protect against 2009 H1N1, but protects against co viral infections, so determines a milder infection, with less morbidity and therefore  less complications.
• A new vaccine against H1N1 is being made available now in October 2009 in the Northern Hemisphere, and in 2010, in the Southern Hemisphere.
• It is worth remembering that among people with higher risk of H1N1 infection are:

i) children;

ii) pregnant women;

iii) and people with chronic health conditions such as asthma, diabetes or heart and lung disease (smoking, asthma, COPD), sickle cell anemia and hypothyroidism;

iv) Health professionals;

IMPORTANT: Ask your doctor for guidelines regarding H1N1.

2.PROFILAXIS:

• Look at the Cough Etiquette: Cover your nose and mouth with a disposable tissue when coughing or sneezing. Play roles in the trash immediately after using them.
• Always wash hands with soap and water. If soap and water are not
available, use alcohol gel.
• Avoid touching your eyes, nose and mouth. Viruses and other germs are spread by these routes;
• Try to avoid close contact with people suffering from flu-like illness (flu);
• If you are sick with flu-like symptoms, call a doctor or go to a clinic or Hospital unit.
• If you’re traveling, follow the guidelines of local Public Health;

• Avoid agglomerations such as cinemas or shopping malls. This simple measure will decrease the spread (contagious) flu.

3. EARLY TREATMENT:

If you are with flu-like symptoms such as:

High fever, cough, sore throat, runny or stuffy nose, body aches, headache, chills (rigors) and fatigue. Some people may also have vomiting, diarrhea and conjunctivitis. If it happens seek immediate medical attention.

The doctor  will prescribe the treatment of flu-like illness with oseltamivir(Tamiflu®) or Zanamivir( Relenza®), antivirals available in the international market, which is good response against H1N1.

It is important that if there is no danger signals such as flaring of the nose, respiratory effort, respiratory rate greater than 26 per minute, O2 saturation <95%, or that the patient is owned by one of the groups at risk, he will be treated with anti virus and it is isolated or submitted to a quarantine, if an adult, of at least 7 days, and if he(she) is a child, for at least 14 days (time of  contagion).

This measure is important because by itself precludes the contagion and avoid the transmission of a modified virus, or in other words, that it has mutated because of the medication/treatment with antiviral.

If signs of severe disease are present, it is necessary the patient’s stay.

SOURCES:

PULMÃO S.A. http://www.pulmaosa.com.br

CDC- USA

%d blogueiros gostam disto: