Início > DPOC / COPD, DR./MD., Pare de Fumar / Quit, Principal > Cigarros são Prejudiciais Também a Saúde Financeira

Cigarros são Prejudiciais Também a Saúde Financeira

6 de outubro de 2009

Os trabalhos da literatura médica têm sido pródigos em reiterar que os tabagistas colocam sua saúde em risco sobre vários aspectos e sabe-se notoriamente do envolvimento de vários sistemas do organismo, ocasionando mais de 50 doenças.

Exatamente por isso é que a organização Mundial de Saúde (OMS) vem alertando para o aumento de causas de óbito associada ao tabagismo, o quanto isto impacta na saúde pública, e, portanto no orçamento de saúde de todos os países.

Sabemos que o tabagismo ativo é a primeira causa evitável de morte, mas mesmo assim, um em cada cinco americanos é fumante, segundo o Centers for Disease Control and Prevention(CDC).

Então, aqui está outra razão para largar a dependência do cigarro: O tabagismo pode afetar  financeira e economicamente sua família por muito tempo.

O custo da compra de cigarros por si só, já é relevante. No Brasil, a média de um maço de cigarros custa por volta de R$ 2,20 ou Us$ 1,20. Um fumante de uma carteira /dia gasta por ano R$ 800,00 no mínimo ( ~Us$ 400). Fumantes americanos gastaram mais de US $ 80 bilhões em cigarros, em 2005, segundo as estatísticas mais recentes do CDC. Um tabagista de um maço/dia poderia facilmente gastar US $ 2.000 por ano nos Estados Unidos.

Isso é mais do que o americano ou um brasileiro médio gasta em roupas em um ano e próximo ao gasto médio em saúde, entretenimento e jantar fora, de acordo com dados  a respeito dos gastos dos consumidores.

Chegamos a uma conclusão administrativo- econômica:Financeiramente, a maioria das pessoas não se pode dar ao luxo de fumar.Isso vale para o Brasil que tem renda per capita de  aproximadamente Us$ 5,000 x a americana de cerca de Us$ 20,000!

É um percentual muito significativo de despesas, especialmente para pessoas que não têm uma renda fixa.

Há outros aspectos a serem considerados: A questão cultural, educacional e de impostos.

Estima-se que no Brasil o contrabando de cigarros responde por cerca de 30% do cigarro comercializado no País. E aqui, temos dois problemas que impactam diretamente a saúde pública:

1)Primeiramente o relacionado com o fisco: estes cigarros contrabandeados do Paraguai ou provenientes da China chegam ao território brasileiro via tríplice fronteira( Brasil-Argentina-Paraguai), e não pagam impostos algum ao erário.

2) Estes cigarros não possuem filtros homologados pelo INmetro( Instituto Nacional de Metrologia), responsável pela padronização de produtos no Brasil.Significa portanto, que o nível de proteção é desconhecido, se é que há alguma.

Há um conceito utilizado pelos investidores que se chama ROI, do inglês: “Return of Investment( Retorno do Investimento).Assim, um investidor em ações vai ter que abater do lucro, os custos de taxa de administração, do  imposto de renda sobre a aplicação, da custódia das ações, do tempo, etc.O que sobrar, é de fato lucro.

O ROI de quem continua a fumar é lamentavelmente negativo, pois envolve vários custos que resultarão em déficit de saúde, além de “dinheiro literalmente queimado.”

Alguns pacientes reclamam do custo do tratamento para parar de fumar, é medido pelo que se gasta por dia: cerca de 9 a 10 reais por dia numa estimativa alta para o tratamento, o que seria comparado a 2 maços de cigarros.

O ROI do tratamento deve ser mensurado assim:

1.O tratamento da cessação do fumo, dobra as chances do indivíduo parar de fumar;

2.Seu metabolismo diminui de imediato e você obtém queda no número de batimentos cardíacos, diminuição na pressão arterial,minora em cerca de 30%  a chance de doenças cardíacas, estabiliza a sua função respiratória.Recuperação do olfato e paladar.

3.Você  se torna livre do tabaco e passa a dar exemplo para as pessoas que te cercam;

4.E portanto, corta um ciclo vicioso dentro da sua própria família;

Fumar: Risco maior que investir na Bolsa de Valores

MOTIVAÇÃO:

Fumantes podem e devem ser motivados a abandonar a dependência química e cerebral de nicotina por muitas razões relacionadas a saúde.E caso ainda não esteja convencido da necessidade de parar, aqui estão algumas razões financeiras para tentar novamente:

*A) Custo dos cigarros:

No Brasil, como dito acima, o custo do maço de cigarro equivale na média a Us$ 1,20 portanto, um tabagista de um maço dia gastará cerca de 400 dólares/ano e em 10 anos, 4.000 dólares.

Nos Estados Unidos o custo do maço é de US $ 5, Um consumidor de 1 maço /dia gastará ao fim de um ano $ 1.825  e mais de 18.000 dólares em uma década.

“Acho que o caso financeiro no curto prazo pode ser um motivador”, avalia o Editor chefe da PULMÃO S.A. , o Dr. Marcos Nascimento.

*B) Custos de oportunidade:

Os custos tornar-se iam bem maiores se o tabagista tivesse aproveitado a oportunidade para investir este dinheiro, ao invés de queimá-lo em consumo de cigarros. Lembrem-se do ditado: “dinheiro não tolera desaforo.”

Imaginem com a oportunidade de termos no Brasil dois grandes eventos mundiais como a copa do mundo de futebol em 2014 e os Jogos olímpicos do Rio de Janeiro em 2016, eventos que demandarão altos investimentos, se os tabagistas investissem em ações na Bovespa(*), em companhias relacionadas a infra estrutura, como a Vale do Rio Doce, EBX, MMX CSN, Gerdau, a Weg,a Marcopolo e outras mais, o quanto não obteriam de retorno financeiro?

Imagine que você fume 2 maços por dia no Brasil e gasta 2.000 dólares em um ano, apenas com tabaco entre os 18 aos 60 anos de idade. Isto acumularia uma soma de 80.000 dólares ou aproximadamente 150.000 reais ( cotação de 4/10/2009), sem contar os juros…

De qualquer maneira é uma soma extremamente expressiva!

C) Outros Custos:

O Jornal Valor Econômico em artigo de 2005 declarou que “As operadoras de planos de saúde estimavam que os planos empresariais poderiam custar até 40% menos se não houvesse fumantes, em decorrência das mais de 50 doenças que são associadas ao tabagismo…”

D)Custo para sua família. Além do óbvio prejuízo para a sua família do fumo passivo-contabilizado nos Estados Unidos em cerca de US $ 6 bilhões por ano, de acordo com a American Academy of Actuaries – a sua família está pagando por seu hábito de outras maneiras.

CONCLUSÃO:
*Ao fumar, você não está apenas prejudicando a sua família com o tabagismo passivo, você está prejudicando-a economicamente.

E se uma criança da família passa a fumar, porque a mãe ou pai fumava, e dá este exemplo, você passou a maldição de perdas em saúde e de recursos financeiros para uma nova geração… Condenando-a lamentavelmente desde cedo!

ADENDO:

(*) A PULMÃO S.A. alerta que todo investimento em ações são considerados de risco.Procure se informar antes de aplicar.Mas fumar apresenta o maior risco de todos… perder a vida!

FONTES:

PULMÃO S.A.- Sua Atmosfera, Sua Vida!

American Academy of Actuaries

Bovespa: http://www.bovespa.com.br

CDC

Jornal Valor Econômico

Categorias:DPOC / COPD, DR./MD., Pare de Fumar / Quit, Principal Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: