Início > Principal > Efeitos adversos do fumo na Criança Lactente- ADVERSE EFFECTS OF SMOKING ON THE INFANT

Efeitos adversos do fumo na Criança Lactente- ADVERSE EFFECTS OF SMOKING ON THE INFANT

16 de dezembro de 2009

Em recente artigo exposto pela PULMÃO S.A, foi utilizada por nosso editor,Dr. Marcos Nascimento, a expressão “Fogo amigo” para designar o  ato defumar das gestantes,numa comparação a expressão cunhada em campos de batalha,e que significa atingir mortalmente seu próximo,seu amigo, ou no caso o seu filho.
Sabe-se que fumar durante a gravidez aumenta sensivelmente o risco de síndrome da morte súbita do lactente, e que a exposição do fumo após o parto ao recém nato aumenta ainda mais esse risco.Este fato pode ser verificado em estudo realizado em duas cidades do estado do Rio Grande do Sul,Brasil,onde se observou uma prevalência de 6,3% dos óbitos no primeiro ano de vida, em Porto Alegre, e de 4% em Pelotas.1,2,3
Os bebês que sofrem uma exposição à fumaça do cigarro doméstico tem uma maior incidência de doenças respiratórias agudas e crônicas e apresentam um risco aumentado para infecções respiratórias e otites.
Quando  uma mulher que está amamentando é tabagista quer seja de cigarro, de cachimbo ou de cigarros de palha, a nicotina  passa o sangue da mãe e  para o recém-nascido através do leite materno.

Dempsey e Benowitz relataram que 95 minutos é o tempo estimado da meia vida(Tempo em que uma substância leva para cair a metade de sua concentração), de eliminação da nicotina do leite materno.E infelizmente a concentração de nicotina no leite materno é diretamente proporcional ao número de cigarros fumados e também ao intervalo de tempo entre o último cigarro fumado e o ato da amamentação.4

Muitas mães tabagistas diminuem o número de cigarros, em tentativa de provocar menor dano. Entretanto, mesmo que os níveis de nicotina no leite materno possam ser menores se há um consumo menor de cigarro, e porventura há um aumento do intervalo de tempo livre antes de amamentar, ainda assim há nicotina presente no leite materno.E nicotina é uma droga que vicia, causa dependência, afinal não há nível algum de segurança, se a mulher fuma.

Referências:

1. Nunes ML, Pinho APS, Aerts D, Sant’ Anna A, Martins MP, Da Costa JC. Síndrome da morte súbita do lactente: aspectos clínicos de uma doença subdiagnosticada. J Pediatr (Rio J) 2001;77:29-34

2. Pinho APS. Fatores de risco para síndrome da morte súbita do lactente [dissertação de mestrado]. Porto Alegre: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; 2001

3. Blair PS, Fleming PJ, Bensley D, et al. Smoking and sudden infant death syndrome. BMJ 1996;313:195–8.

4. Dempsey DA, Benowitz NL. Risks and benefits of nicotine to aid smoking cessation in pregnancy. Drug Saf 2001;24:277–322

ENGLISH VERSION

ADVERSE EFFECTS OF SMOKING ON THE INFANT

In a recent article by the  PULMAO SA,the expression“Friendly fire” was used by our editor Dr. Marcos Nascimento to describe the act of smoking mothers, compared to a phrase coined in the battlefields, and deadly means to achieve his neighbor, his friend, or in this case her son.
It is known that smoking during pregnancy significantly increases the risk of sudden infant death syndrome in infants, and that exposure to smoking after giving birth to your newborn further increases. This fact can be verified in a study conducted in two cities of state of Rio Grande do Sul, Brazil, where there was a prevalence of 6.3% of deaths in the first year of life, in Porto Alegre, and 4% in Pelotas.1,2,3
Babies that suffer from exposure to cigarette smoke household has a higher incidence of acute respiratory diseases and chronic and are at increased risk for respiratory infections and ear infections.
When a woman who is breastfeeding is either smoking a cigarette, pipe or straw cigarettes, nicotine is the blood of the mother and newborn through breast milk.
Dempsey and Benowitz reported that 95 minutes is the estimated half life (time at which a substance takes to fall to half its concentration), elimination of nicotine in mother milk.And unfortunately the concentration of nicotine in breast milk is directly proportional the number of cigarettes smoked and also the time interval between the last cigarette smoked and the act of breastfeeding.4
Many smokers’ mothers reduce the number of cigarettes in an attempt to cause less damage. However, even though the levels of nicotine in breast milk may be lower if there is a lower consumption of cigarettes, and perhaps there is an increased range of free time before feeding, there is still nicotine in mother milk.However, nicotine is a drug addictive,  after all there is not any  level of security, if the woman smokes.
References:
1. Nunes ML, Pinho APS, Aerts D, Sant ‘Anna A, Martins MP, Da Costa JC. Sudden death syndrome in infants: clinical aspects of an under diagnosed disease. J Pediatr (Rio J) 2001; 77:29-34
2. Pine APS. Risk factors for sudden infant death syndrome in infants [dissertation]. Porto Alegre: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, 2001
3. Blair PS, Fleming PJ, Bensley D, et al. Smoking and sudden infant death
syndrome. BMJ 1996; 313:195-8.
4. Dempsey DA, Benowitz NL. Risks and benefits of nicotine to aid smoking cessation
in pregnancy. Drug Saf 2001, 24:277-322

%d blogueiros gostam disto: