Início > H1N1, Principal > Mortes pediátricas por H1N1 nos USA foi 4 vezes maior que gripe comum -H1N1 Pediatric deaths in the USA were 4 times larger than seasonal influenza

Mortes pediátricas por H1N1 nos USA foi 4 vezes maior que gripe comum -H1N1 Pediatric deaths in the USA were 4 times larger than seasonal influenza

7 de maio de 2010

Influenza Virus

Mortes pediátricas por H1N1 nos Estados Unidos é 4 vezes maior que gripe comum

PULMAOSANEWS– Orlando, FL- Em comunicado realizado durante reunião da Academia  Americana de Pediatria  fora constatado por técnicos do CDC que a pandemia de gripe H1N1 matou 317 crianças em suas duas primeiras ondas nos Estados Unidos! Este número é quase quatro vezes o número médio de mortes pediátricas – observado nas últimas cinco estações de gripe, que foram 82.

A maioria dos óbitos aconteceram em crianças pertencentes a grupos de risco e numa faixa etária média de 9,4 anos, portanto mais velhas em comparação com o grupo comumente afetado pela gripe comum ou sazonal, cuja média foi de 6,2 anos. uma diferença que era significativo em P <0,01.

Este dado corrobora e reforça o pedido realizado pela PULMAOSA para que o Ministério da Saúde  estenda a cobertura dos escolares no Brasil.

O CDC informa ainda que dos óbitos associados à gripe pandêmica, 205 (ou 65%) tinha uma condição de alto risco médica subjacente.

Essas condições incluem doença pulmonar obstrutiva crônica, distúrbios neurológicos, Asma e doença cardíaca.   Mas, em contrapartida, entre os 155 que morreram nas últimas duas temporadas da gripe, apenas 67 (ou 43%) eram portadores destas comorbidades.

Não houve diferenças significativas na raça, gênero ou etnia, segundo o CDC.

Acesse a PULMAOSA no TWITTER

FONTES:

PULMAOSANEWS

CDC- USA

ENGLISH

H1N1 Pediatric deaths in the USA was 4 times larger than seasonal influenza


PULMAOSANEWS– Orlando, FL-In a statement during a meeting of the American Academy of Pediatrics, the CDC’s experts told that pandemic influenza H1N1 has killed 317 children in their first two waves in the USA! This number is almost four times the average number of pediatric deaths – observed in the past five flu seasons, which were 82.

Most deaths occurred in children belonging to risk groups and a mean age of 9.4 years, so older compared with the group commonly affected by common cold or seasonal, which averaged 6.2 years, a difference that was significant at    P <0.01.

This finding corroborates and reinforces the claim made by PULMAOSA for the Ministry of Health to extend the coverage of schoolchildren in Brazil.
The CDC also said that the deaths related to pandemic influenza, 205 (or 65%) had a high risk condition underlying medical.

These conditions include chronic obstructive pulmonary disease, neurological disorders, Asthma and heart disease. But in contrast, among the 155 who died in the last two flu seasons, only 67 (or 43%) were carriers of these comorbidities.
No significant differences in race, gender or ethnicity was observed, according to the CDC.

Follow us at TWITTER

SOURCES:

PULMAOSANEWS
CDC-USA

Categorias:H1N1, Principal Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: