Início > Principal > Brasil não atinge meta vacinal para a gripe – Brazil does not meet target for flu vaccine

Brasil não atinge meta vacinal para a gripe – Brazil does not meet target for flu vaccine

14 de maio de 2011

Brasil não atinge meta vacinal para a gripe

(PULMAOSANEWS)–  Balanço sobre a campanha nacional de vacinação contra a gripe divulgado pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira 13 de maio de 2011, informa que nenhum Estado da federação conseguiu atingir a meta proposta de vacinar ao menos 80% da população alvo. Foram vacinadas  pouco mais de 18 milhões de pessoas em todo o país, ou seja 60,24% da meta. Nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e cidades como Belo Horizonte (MG) e Campo Grande (MS), onde as metas estipuladas não foram atingidas, as secretarias estaduais de saúde já declararam que irão  prorrogar a campanha por mais uma semana, ou seja, até o próximo dia 20 de maio de 2011.

Veja os 10 Estados com a melhor cobertura vacinal: 

 O Estado com a melhor taxa de cobertura  vacinal foi Santa Catarina com 75,4%, seguido por Goiás (73,16%), Piauí (72,34%), Paraná (72,23%), Alagoas(71,53%), Espirito Santo (69,52%), Minas Gerais (67,46%), Mato Grosso do Sul (66,44%), Maranhão(66,33%), Tocantins (65,12%).

Os 10 piores:

O Estado com a pior cobertura vacinal foi Roraima com 22,71%, seguido por Rio de Janeiro (48,38%), Acre (51,47%), Ceará (51,86%), Amazonas (52,57%), Amapá (53,59%), Mato Grosso (54,26%), Pará (55,37%), São Paulo (56,09%), e Pernambuco (56,94%).

Publico alvo:

Em relação ao publico alvo da campanha nacional de imunização contra o influenza observa-se que os grupos que mais contribuíram para o não cumprimento da meta foram:

  • Indígenas com apenas 38,07% de cobertura; e
  • Gestantes com 39,47%.

A cobertura para crianças  de 6 meses a 2 anos ficou em 65,04%.

Entre os Estados Roraima também registrou a pior cobertura tanto em crianças (36,78%), quanto em gestantes (19,39%).

SUL:

A PULMAOSA alerta para fato de que entre os estados que registram as menores médias de temperatura do país, o Rio Grande registrou a pior cobertura vacinal com 59,74%,  chamando a atenção especialmente para o grupo das gestantes que ficou com 36,98%.

Acesse aqui o balanço do Ministério da Saúde  na íntegra: Cobertura Gripe UF

FONTES:

 PULMAOSANEWS- Pulmão S.A.- Sua Atmosfera, Sua Vida!

Ministério da Saúde do Brasil

ENGLISH


Brazil does not meet target for influenza vaccine

(PULMAOSANEWS) – Balance on the Brazil’s National Influenza Vaccination Campaingn published by the Health Ministry this Friday, May 13, 2011,  reveals that  any state in the Brazilian federation has achieved the proposed goal of vaccinating at least 80% of the target population. It was vaccinated just over 18 million people across the country, ie 60.24% of goal.

In the states of Sao Paulo, Rio de Janeiro, Parana, Rio Grande do Sul and Santa Catarina, and cities like Belo Horizonte (MG) and Campo Grande (MS), where the projected targets were not met, the state health departments have declared that will extend the campaign for  one more week, until the next May 20, 2011.

See the 10 states with the best coverage:

The state with the highest rate of vaccination coverage was Santa Catarina with 75,4%,  followed by Goiás (73.16%), Piauí (72.34%), Paraná (72.23%), Alagoas (71.53% ), Espirito Santo (69.52%), Minas Gerais (67.46%), Mato Grosso do Sul (66.44%), Maranhão (66.33%), Tocantins (65.12%).

 The 10 worst:

The state with the worst coverage was Roraima with 22.71% followed by Rio de Janeiro (48.38%), Acre (51.47%), Ceará (51.86%), Amazonas (52.57%) , Amapá (53.59%), Mato Grosso (54.26%), Pará (55.37%), São Paulo (56.09%) and Pernambuco (56.94%).

 Target audience:

Regarding the target audience of the Brazilian National Immunization Campaign against influenza is observed that the groups that most contributed to not achieving the target were:

Indians with only 38.07% coverage and
Pregnant women with 39.47%.

Coverage for children 6 months to 2 years was in 65.04%.

Among the Brazilian States Roraima also recorded the worst coverage both in children (36.78%), and also in pregnant women (19.39%).

 SOUTHERN REGION

The PULMAOSA alert to the fact that among states that record the lowest average temperature in the country, Rio Grande do Sul State recorded the worst averege with 59.74% coverage, drawing attention especially to the group of pregnant women who got 36.98% .

Access here the balance of the Health Ministry in full: _Gripe_UF_130511

SOURCES:

 PULMAOSANEWS Lung-SA-Your atmosphere, Your Life!

Ministry of Health of Brazil

%d blogueiros gostam disto: