Archive

Archive for novembro \14\UTC 2011

A Relevância da DPOC na Atual Crise Econômica Mundial

14 de novembro de 2011 Comentários desligados

Dia Mundial da DPOC

A Relevância da DPOC na Atual Crise Econômica Mundial

A palávra DPOC – é uma sigla para Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica – Populamente conhecida como Enfisema pulmonar e bronquite crônica. O Objetivo deste artigo é analizar o impacto da DPOC sobre a produtividade das empresas e em concomitância avaliar a sua relevância para a crise economica mundial.

RX da DPOC e ECONOMIA

DPOC e Economia

A bronquite crônica e o enfisema pulmonar cobram um pedágio caro da economia mundial. Em 2010, o custo nacional anual da DPOC nos Estados Unidos foi estimado em cerca de 49,9 bilhões dólares pelo National Heart, Lung, and Blood Institute [1].

Nos Estados Unidos a DPOC eleva os custos de saúde empresarial pois provoca incapacidade e perda de produtividade. O ônus econômico das doenças pulmonares crónicas sobre as empresas é de fato pesado, sendo este conhecimento uma relevância vital para a gestão de negócios. De maneira que ao propiciar tratamento do tabagismo aliado a uma gestão adequada dos funcionários com esta doença progressiva pode-se economizar custos significativos para uma empresa, e ao mesmo tempo, melhorar a sua produtividade. [2,3]

Os custos médicos foram 3 vezes maior para os empregados portadores da DPOC. Absenteísmo e e o absenteismo presencial são particularmente prevalentes nesta população de pacientes. Como consequência, a sensibilização para a cessação do tabagismo no local de trabalho e implementação de incentivos bem sucedida a parar de fumar, proporcionar o  diagnóstico da DPOC, e incentivar o tratamento precoce, promove uma melhora significativa da produtividade, e reduz consideravelmente os custos para os empregadores. [4]

Normalmente, a alta administração não se interessa pela incidência de doenças ou em promover  pequenas melhorias com medicação e/ou com a prevenção vacinal de infecções, de tal sorte que estas medidas não fazem parte dos rituais para a decisão de negócios.

Mas se os CEOs soubessem que o custo de um empregado com DPOC em média é U$ 20.000 dólares/ano, ao contrário de U$ 8.000 dólares para um empregado sem DPOC – ou em outras palavrasque estão perdendo 12.000 dólares por empregado por causa da DPOC [2],  isso poderia se tornar um incentivo para fazer algo no intuito de conter as perdas de produtividade, que diga-se de passagem são desnecessárias em qualquer momento, e inclusive nesta atual crise mundial de crédito.

Educação via Fórmula Matemática: Tabagismo = DPOC + PLUS

A interação de negócios e iniciativas de regulamentação em saúde pública podem ajudar a reduzir o peso econômico desta doença, a partir da observação da existência de perdas de produtividade tanto para as empresas, quanto para a sociedade que paga seus impostos, mas certamente estes dados têm um papel crucial na prevenção e no tratamento dos portadores da DPOC.
E isto pode e deve começar com a educação sobre a doença …

Ao alertar para a necessidade de se conhecer os custos da DPOC e do tabagismo por parte dos empregadores, e seu impacto para a saúde pública visa-se  fornecer uma outra perspectiva no combate para a crise econômica nos dias de hoje.

Em outro artigo, sugeriu-se via uma “fórmula matemática” que podería expressar o impacto das doenças tabaco-relacionadas, a partir de um anagrama:
Tabagismo = DPOC + Plus [5]

Se com estes alertas pudermos ao menos contribuir para popularizar o termo DPOC, para a compreensão de que ao propiciar diagnóstico e fornecer tratamento precoce tanto para os portadores da DPOC quanto para os tabagistas é uma maneira de se aumentar a produtividade das empresas, estaremos de uma maneira gentil promovendo a diminuição da carga social e econômica sobre estes pacientes com DPOC, e quiçá também salvando vidas. Mais que Matemática, isto seria impagável!

Referências: 

  1. Lung Association. Trends in COPD (chronic bronchitis and emphysema): morbidity and mortality. February 2010. http://www.lungusa.org/findingcures/our-research/trend-reports/copd-trend-report.pdf.Accessed May 23, 2011.
  2. Bunn W, Pikelny D, Vogenberg FR, et al. Validation of employerfocused actuarial model for measuring the economic burden of chronic obstructive pulmonary disease. J Health Productiv. 2008;3:3-8.
  3. Halbert RJ, Isonaka S, George D, Igbal A. Interpreting COPD prevalence estimates: what is the true burden of disease? Chest. 2003;123: 1684-1692.
  4. Darkow T, Kadlubek PJ, Shah H, et al. A retrospective analysis of disability and its related costs among employees with chronic obstructive pulmonary disease. J Occup Environ Med. 2007;49:22-30.
  5. Nascimento, MHS. A Matemática do tabagismo = DPOC + Plus. Site PulmaoSA

Respeitosamente,
Marcos Nascimento, MD.
Professor da PUCPR Faculdade de Medicina

The relevance of COPD in World Economic Crisis

14 de novembro de 2011 Comentários desligados

World COPD Day

The relevance of COPD in World Economic Crisis

Chronic bronchitis and emphysema take a heavy toll on the economy. In 2010, the US national annual cost of COPD was estimated at $49.9 billion by the National Heart, Lung, and Blood Institute.[1]

Healthcare costs, disability, and lost productivity from chronic obstructive pulmonary disease are of vital relevance to business management. The economic burden of chronic pulmonary disease on employers, and why proper management of employees with this progressive condition can save significant costs to the company, while also improving productivity. [2,3]

The COPD X- Ray and Economy

COPD and Economic Burden

Medical costs alone were 3 times greater for employees with this disease than for others. Absenteeism and presenteeism are particularly prevalent to this patient population. Raising awareness to smoking cessation in the workplace and implementing successful incentives to stop smoking, diagnosis COPD and provide early treatment for COPD employees, can greatly improve productivity and reduce costs to employers. [4]

Usually senior management is less interested in the incidence of disease or minor improvements with medication or with vaccine prevention. That is not convincing in terms of making a business decision. But if they know that the cost for an employee with COPD averaged $20,000, as opposed to $8000 for an employee without COPD – or in other words – That they are losing $12,000 per employee because of COPD, this becomes an incentive to do something to stop unnecessary losts at any time, mainly at this current world credit crunch crisis.[2]
Education Math Formula: SMOKING = COPD + PLUS

The interaction of business and regulatory initiatives can help reduce the economic burden of this diseases from the lost of productivity of companies to the soceity that pay its taxes, but mainly for people that have the disease.
And it starts with education about the disease…

Maybe, this could be a relevant message we need to get out to employers, government officials and also to the industrial stakeholders to fight the nowadays economic crisis.

And Maybe the message through the “didactical Math Smoking formula” could help decrease the unknowledge about the tobacco related diseases as expressed in:
Smoking = COPD + Plus [5]

But the most important is to treat the smoking patients with gentle targeting the decrease of the social and economic burden that generates 52 diseases tobacco related, make popular the COPD term, and also save lives.  More than Math, it is priceless!

(*)References:

  1.    Lung Association. Trends in COPD (chronic bronchitis and emphysema): morbidity and mortality. February 2010. http://www.lungusa.org/findingcures/our-research/trend-reports/copd-trend-report.pdf.Accessed May 23, 2011.
  2. Bunn W, Pikelny D, Vogenberg FR, et al. Validation of employerfocused actuarial model for measuring the economic burden of chronic obstructive pulmonary disease. J Health Productiv. 2008;3:3-8.
  3. Halbert RJ, Isonaka S, George D, Igbal A. Interpreting COPD prevalence estimates: what is the true burden of disease? Chest. 2003;123: 1684-1692.
  4. Darkow T, Kadlubek PJ, Shah H, et al. A retrospective analysis of disability and its related costs among employees with chronic obstructive pulmonary disease. J Occup Environ Med. 2007;49:22-30.
  5. Nascimento, MHS. The Mathematics of Smoking =COPD + Plus. PulmaoSA Website

With all respect,
Marcos Nascimento, MD.
Professor at PUCPR College of Medicine

A interferência da indústria tabagista

8 de novembro de 2011 Comentários desligados

A interferência da indústria tabagista

A interferência da indústria tabagista

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) escolheu “a interferência da indústria do tabaco” como tema para o dia Mundial Sem Cigarro 2012, que você sabe será comemorado em 31 de maio.

A campanha se concentrará na necessidade de expor e contador de tentativas por parte da indústria do tabaco cada vez mais descarada e agressiva para bloquear a Convenção Quadro para o Controle do Tabaco (CQCT).  A medida que mais países implementam a Convenção-Quadro, a indústria do tabaco tem exercido esforços para combater a filosofia e a prática do tratatado.

Você pode obter mais informações no site da OMS no seguinte endereço: http://www.who.int/tobacco/wntd/201/announcement/en/

Veja também:

“ZOO Logico?”

O Bat sinal da Saúde Pública da Austrália

FONTES

PULMAOSANEWS

The interference of the #tobacco #industry

8 de novembro de 2011 Comentários desligados

The interference of the tobacco industry

The interference of the tobacco industry

The World Health Organization (WHO) has selected “the interference of the tobacco industry” as the theme for World No Tobacco day 2012, which you know will be celebrated on Tuesday, May 31.

The campaign will focus on the need to expose and counter attempts by increasingly brazen and aggressive tobacco industry to block The Framework Convention on Tobacco Control (WHO FCTC). As more countries implement the FCTC handed the tobacco industry has exerted counter efforts and are in shock mainly with Australia and Uruguay’s Governments.

You can get more information on the website of WHO in the following address: http://www.who.int/tobacco/wntd/2012/announcement/en/
Read also:

The Tobacco Math Formule

ZOO LOGIC?

The  Bat Signal comes from Australia

SOURCES:

PULMAOSANEWS

Sinadiccion

La interferencia de la industria tabacalera

8 de novembro de 2011 Comentários desligados

2012: La interferencia de la industria tabacalera

La interferencia de la industria tabacalera

La Organización Mundial de la Salud (OMS) ha seleccionado “la interferencia de la industria tabacalera” como el tema para el Día Mundial sin Tabaco 2012, quec omo saben se conmemorará el martes 31 de mayo. Lacampaña se centrará en la necesidad de denunciar y contrarrestar los intentos descarados y cada vez más agresivos de la industria tabacalera para bloquear el Convenio Marco para el Control del Tabaco (CMCT OMS). Conforme más países handado cumplimiento al CMCT, la industria tabacalera ha ejercido esfuerzos másenérgicos para contrarrestar.

Pueden obtener mayor información en la página de la OMS en la siguiente dirección electrónica: http://www.who.int/tobacco/wntd/2012/announcement/en/

véase también:

“Zoo Logic?”

The Bat Signal from Australia Public Health

FONTES:

PULMAOSANEWS

Sinaddiccion

#Fumar perto de #criança = Expressão de #Guerra: “Fogo Amigo!”

6 de novembro de 2011 Comentários desligados

Por favor, Não fume perto de crianças!

Fumar perto de criança= Expressão de Guerra:”Fogo Amigo!”

Por favor, não fume perto ninguém, principalmente de crianças. Apenas para se ter uma idéia, se você ou alguém fumar perto dos seus filhos desde o nascimento até os cinco anos de idade, infelizmente, eles fumaram 100 maços de cigarros!  De acordo com o Editor Médico da PULMAOSA, Dr. Marcos Nascimento: “Fumar perto de crianças acaba tendo o mesmo significado da expressão usada em Guerras: ” Fogo Amigo! ” Que é quando o alvo pertence ao mesmo lado…

Veja o Video abaixo em Inglês:


Fontes:

PULMAOSANEWS

YouTube

#Smoking near #Child: same meaning of #War Expresion “Friendly Fire”

6 de novembro de 2011 Comentários desligados

Please Do Not Smoking near Children

Smoking near Child: same meaning of War Expression: “Fiendly Fire!” 

Please do not smoking near anyone, mainly children. Just to have an idea watch the video below: If you smoke near your children from birth to age five, unfortunately they have smoked 100 cigarette packs. In other words, according the Md. Editor of PULMAOSA, Dr. Marcos Nascimento: “Smoking near children has the same meaning of War expression: “Friendly Fire!”

Sources:

PULMAOSANEWS

YouTube

%d blogueiros gostam disto: