Archive

Posts Tagged ‘Brasil e H1N1’

Casos de Gripe H1N1 no Paraná – Brasil em 2012

5 de junho de 2012 Comentários desligados

Vírus Influenza entre os cilios do brônquio

Casos de Gripe H1N1 no Paraná – Brasil em 2012

(@PulmaoSANEWS) Curitiba- A Secretaria de Saúde do Estado do Paraná informa que até o dia 5 de junho foram registrados 36 casos e uma morte por gripe A (H1N1) no Paraná em 2012.
A @PulmaoSA relembra que a melhor forma de proteger a sua família contra o vírus influenza é  estar vacinado contra a gripe, que é considerada  fundamental para a proteção dos grupos de riscos da gripe ( Asmáticos, gestantes, crianças menores de 2 anos, indígenas, idosos (com 60 anos ou mais), profissionais da área saúde e portadores de doença crônca como DPOC, insuficiência renal, insuficiência cardíaca etc.
De acordo com o Programa Estadual de Imunização 84% deste público-alvo já recebeu a dose da vacina.

Fontes:

@PulmaoSANEWS

SESA- Secretaria de Saúde do Estado do Paraná – Brasil

Atualização da Gripe no Mundo em outubro de 2011

21 de outubro de 2011 Comentários desligados

Gripe no Mundo em outubro de 2011

                   Atualização da Gripe em outubro de 2011

  

(PULMAOSANEWS) – De acordo com Organização Mundial da Saúde (OMS) a situação da gripe está sob controle, exceto por algumas áreas ativas como pode-se constatar abaixo:

Resumo da Situação Mundial:

Hemisfério Norte

• Atividade da Influenza (gripe) nas regiões temperadas do hemisfério norte continua a ser baixa ou indetectável.

EUA

Atividade da gripe nos Estados Unidos na semana passada, permaneceu em níveis baixos, com a maioria dos indicadores se mantendo bem abaixo dos limites de epidemia., informou nesta sexta-feira 21/10/2011, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC). Apenas 0,5% de amostras respiratórias foram positivos para influenza, e a porcentagem de visitas ao médico por causa da síndrome gripal foi de 1%.

Até o presente momento não houve mortes por gripe em crianças.

E a percentagem de mortes por gripe associada a pneumonia foi de 6,4%, estando abaixo do limiar da epidemia.

Está  ocorrendo registro de gripe esporádico em 18 estados, juntamente com o Distrito de Columbia, Guam, Porto Rico, e as Ilhas Virgens.

zona tropical

•  A atividade de Influenza da zona tropical está ativa em alguns países das Américas (Cuba, Honduras e El Salvador), África Central (Camarões), e Sul e Sudeste da Ásia (Bangladesh, Camboja, Tailândia, República Democrática Popular do Laos e Vietnam.

América do Sul e África do Sul

•  A transmissão na África do Sul e na América do Sul  permanece em baixa, indicando fim da temporada de outono-inverno no hemisfério sul.

Austrália e Nova Zelândia

•  A atividade de  Influenza atingiu o pico na Austrália e Nova Zelândia, embora haja variações regionais no calendário dos picos, sendo um indicativo de que a emporada ainda não terminou. A Austrália continua a registrar diferenças regionais no subtipo de vírus predominante.

A PULMAOSA lembra que a melhor maneira de proteger você e sua família contra a gripe é tomando a vacina antiinfluenza(Gripe sazonal 2011/2012).

Veja o localizador da gripe para saber onde você pode tomar a vacina  da gripe nos EUA

FONTES:

PulmaoSANews

OMS

Filme Contágio: Ficção ou Realidade?

10 de setembro de 2011 Comentários desligados

Filme contágio: Ficção ou realidade?

Os Centros para Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) sempre realizaram um trabalho adequado e da mais alta relevância no controle e prevenção de doenças.

Após o 11 de setembro, os Estados Unidos têm se preocupado não só com possíveis pandemias que podem chegar ao país, como a gripe aviária em 2005 e gripe suína em 2009, mas com a possibilidade de um ataque terrorista com armas biológicas.
O filme “Contágio”, que teve partes filmadas na sede do CDC  em Atlanta, Georgia-USA, aborda estas questões e nos faz refletir sobre a necessidade cada vez maior de praticarmos o bem e vivermos em paz.

Siga a @PulmaoSA no Twitter

Fontes:

PULMAOSANEWS – Pulmao S/A – Sua Atmosfera, Sua Vida!®

CDC -USA

O que você deve saber sobre a vacina da gripe 2011/ 2012

14 de agosto de 2011 Comentários desligados

Criança sendo vacinada para gripe

O que você deve saber sobre a vacina da gripe 2011/ 2012

1. Quem deve ser vacinado para gripe?

Todos entre 6 meses de idade em diante deveriam tomar a vacina da gripe. Entretanto crianças maiores que 6 meses, Professores e contatos de crianas com menos de 6 meses de idade, idosos com mais de 60 anos, profissionais de saúde, gestantes, portadores de doença crônica como DPOC, Asma, Diabetes, etc, população indigena constituem o grupo de maior risco, e portanto, prioritário.

 2. Qual a melhor data para receber a Vacina?

Como a vacina demora cerca de 3 meses para atingir seu maior efeito de proteção, o melhor momento para receber a vacina da gripe é  no inicio do outono que no hemisfério norte se dá  em outubro e no hemisfério sul em abril.

 3. Por que estar vacinado contra o influenza?

A gripe é causada pelos vírus influenza e trata-se de uma doença contagiosa, que se transmite através de tosse, coriza ou secreções nasais. O grupo mais afetado é o de crianças que deveriam ser prioritariamente vacinadas. Entretanto, como explicitado acima outros grupos estão sobre risco e deveriam prevenir as complicações de gripe como a pneumonia. Tomando a vacina da gripe você protege- se de complicações, minora o risco de internação e inclusive de óbito pela gripe. Além disso, o vírus da gripe está sempre sofrendo mutações, sendo aconselhado receber  a vacina antiinfluenza anualmente.

A Vacina da gripe da temporada 2011/2012 é Triviral, protegendo contra 3 virus influenza ( um influenza tipo B, um tipo A H2N3 e o influenza tipo A H1N1 da gripe suina)

4. Quais são os riscos associados a vacina da gripe?

A Vacina da gripe que contem vírus mortos  é  tomada por via injetável. Como todo medicamento, pode apresentar reações que em geral são leves:

  • Dor de garganta, tosse, olhos vermelhos e coriza;
  • Febre baixa, dor e inchaço no local da aplicação da injeção.

Quando estes problemas ocorrem, podem iniciar no momento da aplicação e durar entre 24 a 48 horas.

Reações Moderadas:

  • Convulsão pode ocorrer em algumas crianças quando a vacina antiinfluenza for associada a vacina pneumocócica 13 valente ( PCV 13). Portanto, é  prudente saber se a criança possui histórico anterior para convulsão, e perguntar ao seu médico por informações complementares.

Reações Graves:

  • Reações alérgicas graves associadas a vacinas são extremamente raras. O risco para síndrome de Guillain Barré é  de 1 caso para 1 milhao de pessoas vacinadas. Este risco é menor do que o risco para as complicaçoes da gripe.

ATENÇAO: Em alguns paises ha a disponibilidade para Vacinas inalatorias com virus atenuados (vivos e enfraquecidos). Estas vacinas são contraindicadas para gestantes.

5. Onde posso saber mais sobre vacinas?

Pergunte ao seu medico por maiores infomações.

Outras informações podem ser obtidas no site do Ministerio da Saude no Brasil

Vacinas anti H1N1 no Brasil

E nos Estados Unidos no site do CDC

Ou ligando para 1-800-232- 4636 (1-800-CDC-INFO)

FONTES:

PULMAOSA – SUA ATMOSFERA, SUA VIDA! ®

MINISTERIO DA SAUDE BRASIL

CDC – USA

Possibilidade de uma Vacina Universal da Gripe é Real

31 de julho de 2011 Comentários desligados

1957 flu vaccin shot line

Vacina da Gripe Universal

Possibilidade de uma Vacina Universal da Gripe é Real

 (PULMAOSANEWS)-   Um grupo de pesquisadores britânicos e suíços encontraram um “super anticorpo” da gripe em um paciente que teria a capacidade de  neutralizar os principais grupos de vírus influenza A.

Esta descoberta deste novo anticorpo, chamado FI6, poderia combater todos os tipos de vírus influenza A que causam gripes tanto em humanos e animais.

Esta descoberta pode ser o ponto de partida no desenvolvimento de novos tratamentos da gripe, inclusive para uma vacina universal para combater a gripe, com resposta imune que duraria decadas ou mesmo por toda a vida.

O consultor Médico da PULMAOSA, Dr. Marcos Nascimento explicou que quando alguém está infectado com o vírus da gripe, o  corpo produz  anticorpos contra a fração de proteína hemaglutinina do vírus. Mas, como existem 16 diferentes tipos de hemaglutininas, que se subdividem em dois grupos, o desenvolvimento de novas vacinas são necessárias a cada ano para combater essas cepas que se modificam. “Assim, se os laboratórios puderem desenvolver  um único anticorpo que tenha como alvo todos os subtipos conhecidos do vírus influenza A, como o FI6 mencionado acima,  isto representará um passo importante em direção a uma vacina da gripe universal,  possibilitando uma queda na morbi- mortalidade  da gripe e a economia de milhares de dólares para a economia mundial,  acrescenta o Dr. Nascimento.

Siga @PULMAOSA no Twitter

Fontes:

  PULMAOSANEWS – Pulmões: Proteja a Sua Real Atmosfera!

Clique para acessar o Abstract : A Neutralizing Antibody Selected from Plasma Cells That Binds to Group 1 and Group 2 Influenza A Hemagglutinins

Brasil registra primeira morte por Gripe A em 2011 – Brazil Confirmed the first death from influenza A in 2011

8 de junho de 2011 Comentários desligados

Vacina da gripe em 1957 - Flu Vaccine Shot in 1957

Confirmada primeira morte por Gripe A no Brasil em 2011

Foi confirmada, na manhã desta quarta-feira (8), pela Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Sul, a primeira morte por Gripe A no Brasil neste ano. Até agora, foram notificados 87 casos suspeitos da doença, com três confirmados.

A vítima foi uma mulher de 48 anos, residente em Anta Gorda, que iniciou com sintomas gripais no dia 29 de maio.

A Secretaria de Saúde esclarece que a situação da Influenza A H1N1 está sob controle no Estado até o momento. Todos os municípios do Estado contam com medicamento antiviral e outros insumos necessários para o enfrentamento da circulação viral.

O Editor da Pulmão SA, Dr. Marcos Nascimento relembra a necessidade de estar vacinado para a gripe. “A Vacina antiinfluenza é a melhor maneira de se proteger tanto contra a gripe sazonal como para a gripe suina/ H1N1. E Isto é particularmente importante para pessoas do grupo de risco como gestantes, profissionais de saúde, Indígenas, idosos, crianças de 0 a 2 anos de idade,  portadores de doenças crônicas como DPOC e asma, assim como viajantes e aeronautas,” complementa Dr. Nascimento.

FONTES:

PULMAOSANEWS – PulmaoSA – Sua Atmosfera, Sua Vida!

Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul (SES)

ENGLISH

Confirmed the first death from influenza A in Brazil 2011

(PULMAOSANEWS) – It was confirmed on the morning of Wednesday (8), by The Health Office of Rio Grande do Sul State, the first death from influenza A in Brazil this year. So far, 87 suspected cases were reported of the disease, with three confirmed.

The victim was a woman of 48 years, residing in Anta Gorda, which started with flu symptoms on 29 May.

The Health Department declares that the situation of Influenza A H1N1 is under control in the state. All municipalities in the state have antiviral drugs and other inputs needed to combat the viral circulation.
The Md. Editor from PULMAO SA, Dr. Marcos Nascimento recalls the need to get vaccinated for flu. “The anti-influenza vaccine is the best way to protect yourself and your children against seasonal flu and also swine flu/ H1N1,” said Dr. Nascimento.

SOURCES:
PULMAOSANEWS – PulmaoSA – Your atmosphere, Your Life!
Health Secretariat of Rio Grande do Sul State, Brazil

Risco Maior de UTI em Crianças Expostas a Fumo Passivo

4 de maio de 2011 Comentários desligados

Risco duplo

Risco Maior de UTI em Crianças Expostas a Fumo Passivo.

Denver- USA (PULMAOSANEWS)  Por ocasião da reunião anual da Pediatric Academic Societies foi divulgado nesta terça-feira 3 de maio em Denver, Estados Unidos, um estudo sobre  a repercussão do fumo passivo em crianças. O Estudo revelou que crianças expostas ao fumo passivo têm mais chances de  ao adquirir gripe serem internadas em unidades de tratamento intensivo, e são mais propensas ao uso de ventilação invasiva.

O Estudo fora realizado no Centro Médico da Universidade de Rochester (NY), onde os pesquisadores analisaram prontuáriosde 91 crianças internadas entre 2002 e 2009. Destas, cerca de 30% havia história de ter exposição domiciliar ao fumo passivo.

A análise do prognóstico entre as crianças expostas ao fumo passivo com gripe versus crianças com gripe sem exposição, revelou que:

  • Quando hospitalizadas por gripe, crianças expostas ao fumo passivo registraram maior permanência de internação hospitalar;
  • Elas apresentaram maior probabilidade de necessitar de tratamento em Unidades Intensivas (31% X 9%); e necessitaram mais de ventilação invasiva – intubação traqueal (19% X 2%).
  • Após controlar condições subjacentes como asma bronquica, o risco de sofrer internação em UTI encontrado para as crianças expostas ao fumo passivo foi cinco vezes maior, e a chance de precisar de ventilação invasiva foi 11 vezes superior a de crianças não expostas.

O Editor médico da PULMAOSA, Dr. Marcos Nascimento chama a atenção para o fato de o estudo indicar que: “o tabagismo passivo além de exercer alto impacto sobre a morbi-mortalidade da gripe, elevando os custos das internações hospitalares, invoca a necessidade dos pais obedecerem a regras claras como não fumar em casa ou no carro e que eles deveriam procurar tratamento e suporte médico para parar de fumar”.

“Uma vez que há maior risco para as crianças expostas, seria prudente a recomendação de estarem protegidas com a vacina antiinfluenza.” O estudo supracitado constitui, portanto uma excelente ferramenta para os gestores tanto de política pública quanto dos planos de saúde privada,” complementa o Dr. Nascimento.

FONTES:

PulmaosaNews – Pulmao SA – Sua Atmosfera, Sua Vida!


%d blogueiros gostam disto: