Archive

Posts Tagged ‘Gestante e tabagismo’

De Mãe para mãe: Dicas de como parar de fumar no dia das mães

14 de maio de 2012 Comentários desligados

De Mãe para Mãe : Dicas de como parar de fumar no dia dos mães

A @PulmaoSA tem a honra de apresentar um video do CDC, editado e legendado pelo Centro de apoio ao tabagista do Rio de Janeiro ( CAT), com dicas preciosas de uma mãe ex- fumante para parar de fumar:

Fontes:

CDC – Center for Diseases Control – USA;

CAT – Centro de Apoio ao Tabagista – Rio de Janeiro

Australia: o país que se tornou um sinônimo de Saúde Pública

1 de abril de 2012 Comentários desligados

Australia: o país  que se tornou um sinônimo de Saúde Pública

Mesmo enfrentando processos movidos pela indústria tabagista em cortes internacionais, a Austrália decidiu definitivamente entrar na vanguarda em termos de saúde Pública e deve se tornar, no final de 2012, o primeiro país a retirar as logomarcas dos maços de cigarros.

Como já abordado em artigo recente pela PULMAOSA, intitulado ” O Bat sinal da Austrália,” o país vai adotar uma embalagem padronizada para os maços de cigarros, eliminando assim as cores e chamarizes para os jovens e as crianças.

Este é o papel de quem zela pela saúde pública do seu povo, afirma o editor médico da PULMAOSA, o Dr. Marcos Nascimento. “Todavia, para o sucesso desta medida, merecedora de aplausos, a Organização Mundial da Saúde e os 170 países que ratificaram a convenção Quadro para o Controle do Tabaco, como o Brasil e o Uruguai deveriam apoiar a Austrália, e não devem ficar esperando pelo resultado dos julgamentos dos processos movidos pela indústria do fumo. Não restam dúvidas, dada a grandeza e o exemplo da medida australiana,  que a OMS deveria aconselhar aos demais países a seguirem o exemplo da Australia,” complementa o Dr. Nascimento.

FONTES:

PULMAOSA NEWS

Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, OMS: Organização Mundial de Saúde.

In terms of public health and tobacco prevention: Enough is just enough!

19 de março de 2012 Comentários desligados

Enough is enough

Marcos Nascimento, MD.

In addressing the tobacco control policies that promote smoking cessation, we can separate them into two groups:

a) Public Health Approaches: are increasing attempts to stop smoking:

  • Increased taxation;
  • Regulations to restrict smoking in public places and workplaces;
  • The Campaign of mass media.

b) Approach in Healthcare: increased rates of smoking cessation:

  • Help / Treatment Smokers.

Evidently tobacco addiction is a multidimensional phenomenon. Thus a proper treatment should include dimensions beyond pharmacological while also addressing the issues of psychological and behavioral addiction. Tell that to treat smokers just put drugs in the pharmacy is a popular reductionism overwhelming.

From the perspective of public health strategies we have to be more cost-effective. If a country have little money, it naturally must to select priorities within the priorities and see which option expense is the best. Of all the strategies listed the most cost-effective policies are smoke free environments.

The countries who are enrolling in a upward trend in the prevalence of tobacco related diseases like lung cancer, cardio vascular diseases and COPD, etc, can not afford to lose the way in terms of tobacco control. Some countries like Australia, Canada, Uruguay and Brazil are giving good examples about tobacco control and Pulbic Health issues.

In order to draw the attention of managers of public and private health for the cause, I have recently published in this website an article titled “The Smoking math formula: ” Smoking = COPD + P
ie., smoking is a generator of Cardiac, Oncologic, Pulmonary Diseases + Pediatric and calls attention to COPD, a disease underdiagnosed with high personal and economic impacts which are now the 3rd death cause in US.

Thus didactical formula Indicates the need for an early & all-embracing approach to smoking because it generates 52 other diseses and produces a huge financial resources scrap, including reducing the productivity of businesses – And just like the tobacco disease, the finance costs are also preventable. Thus the necessity to  early involve children and young people in prevention education with the creation of aplications (Apps), games and cartoons, as proposed in the “children’s story Zoo Logic?”

We can justify, rationalize, and pontificate about individual freedom all we want, but in the tobacco prevention there is “the role of nicotine,” that imposes a high and uncontrolled addiction, and if we go for this process, we will stick our heads in the sand.

The reality is cruel because millions of people are suffering and dying unnecessarily every day. We have the collective means to do something about it with minimal personal sacrifice. Thus, we can keep walking and trying to solve the problem accepting the necessity of public smoke free environments.

In fact, we achieved some important gains in preventing smoking-related diseases in the latest years.  But in terms of public health: Enough can be just enough!

Mainly, because the Life is in the game!

So, Enough is enough. It’s time to step up!

With All Respect,
Marcos Nascimento,MD
Medicine Professor
http://twitter.com/PulmaoSA

Ética Deve ser Global, e não local

11 de março de 2012 Comentários desligados

Ética Deve ser Global, não local

                                    Dr. Marcos Nascimento, MD.

Nesta semana ocorrerá reunião da diretoria da agencia reguladora do Brasil –ANVISA- em se que abordará a questão da proibição/restrição da adição de açucares, aromatizantes ou flavorizantes que dêem sabores ao tabaco e aos seus subprodutos como os cigarros.

Resumidamente há três focos a serem discutidos nesta reunião:

1.    O Tabagismo e suas consequências para a Saúde Pública:

O Tabagismo por estar associado a mais de 50 doenças, é tido como a maior preocupação da Organização Mundial da Saúde, ocasionando ruína pessoal e mortes em escala global na ordem de 200.000/ ano no Brasil e Seis Milhões de pessoas no mundo 1

A adição de quaisquer tipos de açúcares e ou aditivos à base de menta e outros aromatizantes, reconhecidamente aumentam tanto o poder da adição da nicotina ( vício), como a liberação de várias toxinas como o alcetaldeído 2, estimulando desta forma a iniciação dos jovens e adolescentes a produtos derivados de tabaco, principalmente os cigarros, mas também  no fumo usado para charutos, cachimbos e narguilé por exemplo.

2.    A versão da Indústria Tabagista:

 A indústria tabagista internacional  age conforme o esperado para uma empresa que possui ações na bolsa de valores justificando o lucro do seu negócio perante os seus acionistas. Para isso, nega as evidências científicas de que o açúcar aumenta o poder viciante da nicotina.

Outrossim, a Indústria do fumo tenta transformar a discussão focando apenas a questão econômica a respeito de uma commoditie internacional e as decorrentes consequências nos mercados local e internacional de tabaco, regateando sobre o quanto a proibição dos flavorizantes e do açúcar poderá  afetar as exportações brasileiras, e em concomitância…  o seu  lucro!

 3.    O Papel da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária –ANVISA:

Por definição, a agência reguladora foi criada para defender o interesse da população, isto é o interesse de todos os cidadãos brasileiros que pagam os seus impostos e confiam que sempre a postura ética será tomada em favor dos interesses da Saúde Pública, conforme descrito na página virtual na internet da própria ANVISA ( veja a figura abaixo).

Missão da Anvisa

 

Ao envolver os danos provocados pelo tabagismo, a discussão do dia 13 de março abordará uma causa de preocupação mundial em relação a vida humana, e será sobretudo sobre Ética.  Mas o que é a Ética? A Ética dos negócios pode ser aplicada ou adaptada de acordo com regras locais ou deve ser a mesma globalmente?

Avaliando os argumentos da indústria tabagista, não se consegue descobrir como líderes de organizações empresariais podem atuar com um conjunto de princípios em sua terra natal e outra no exterior. Em se tratando de princípios, a Ética DEVE ser GLOBAL e NÃO local!

Portanto, o que estamos discutindo aqui, e o que se discutirá em Brasília na próxima terça-feira (13 de março), é se a Ética funciona ou não no mundo real.

Ética numa definição simples de Paulo Coelho: “ É a preocupação com o seu vizinho, é pensar duas vezes antes de agir em benefício próprio ( vídeo em Inglês)

E sobretudo, se quando somos instados a defender a Ética e reconstruir as ruínas do sistema,  possamos recolocar a Saúde Humana próxima dos valores do coração e não ao lado do dinheiro.

Em suma, espera-se que a Ética compareça `a reunião da diretoria da Agência Reguladora brasileira, e não se  resuma apenas a uma definição virtual em sua página da internet, e  que esteja sim, de fato, alinhada com o mundo real.

FONTES:

  1. 1.    OMS – Organização Mundial de Saúde
  2. 2.    Talhout et al, 2007:  sugars in tobacco
  3. 3.    ANVISA – Web Page
  4. 4.    Paulo Coelho, YouTube free Video

 

 

 

A interferência da indústria tabagista

8 de novembro de 2011 Comentários desligados

A interferência da indústria tabagista

A interferência da indústria tabagista

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) escolheu “a interferência da indústria do tabaco” como tema para o dia Mundial Sem Cigarro 2012, que você sabe será comemorado em 31 de maio.

A campanha se concentrará na necessidade de expor e contador de tentativas por parte da indústria do tabaco cada vez mais descarada e agressiva para bloquear a Convenção Quadro para o Controle do Tabaco (CQCT).  A medida que mais países implementam a Convenção-Quadro, a indústria do tabaco tem exercido esforços para combater a filosofia e a prática do tratatado.

Você pode obter mais informações no site da OMS no seguinte endereço: http://www.who.int/tobacco/wntd/201/announcement/en/

Veja também:

“ZOO Logico?”

O Bat sinal da Saúde Pública da Austrália

FONTES

PULMAOSANEWS

#Fumar perto de #criança = Expressão de #Guerra: “Fogo Amigo!”

6 de novembro de 2011 Comentários desligados

Por favor, Não fume perto de crianças!

Fumar perto de criança= Expressão de Guerra:”Fogo Amigo!”

Por favor, não fume perto ninguém, principalmente de crianças. Apenas para se ter uma idéia, se você ou alguém fumar perto dos seus filhos desde o nascimento até os cinco anos de idade, infelizmente, eles fumaram 100 maços de cigarros!  De acordo com o Editor Médico da PULMAOSA, Dr. Marcos Nascimento: “Fumar perto de crianças acaba tendo o mesmo significado da expressão usada em Guerras: ” Fogo Amigo! ” Que é quando o alvo pertence ao mesmo lado…

Veja o Video abaixo em Inglês:


Fontes:

PULMAOSANEWS

YouTube

Política anti-tabaco: Halloween no Congresso Nacional do Brasil?

25 de outubro de 2011 Comentários desligados

Halloween no Congresso Nacional?

Halloween no Congresso Nacional?

 

Está em vias de ser aprovada pelo “Colégio de líderes partidários na Câmara Federal” a Medida Provisória 540/11 cujo objetivo primário é de criar um novo modelo tributário para a política  de preços dos cigarros no Brasil, para os próximos anos.

Entretanto, manobras legislativas para “colocar enxertos” no texto original da MP 540 – numa manobra para derrubar,  o PLS 315/08 (que trata dos ambientes livres de tabaco) e as consultas públicas recentes da ANVISA (CP 112/2010 e 117/2010), que tratam respectivamente da proibição da adição de aromatizantes no tabaco e da restrição da propaganda nos pontos de venda, além do aumento da área de advertências nos maços (medidas estas que estão em consonância com a última conferência das partes da Convenção-Quadro realizada no Uruguai, em 2010).

  Das inúmeras matérias veiculadas na mídia nas últimas semanas, selecionamos esta feita com o conceituado Instituto de Defesa do Consumidor (IDEC):

“MP do Cigarro passa por cima da ANVISA”

 http://www.orm.com.br/projetos/oliberal/interna/default.asp?modulo=250&codigo=557408

Entre os “acréscimos” no texto da Medida Provisória – que deveria tratar unicamente da política de taxações e preços dos cigarros – está a de propor “autorização para a criação de estabelecimentos exclusivos para os fumantes”, (?!)

Trata-se de mais uma clara interferência da indústria do tabaco, infelizmente com apoio explícito e implícito de agentes do próprio governo ( Líderes e outros representantes).

O fato é que o Dep. Renato Molling (PP/RS), relator da MP 540/11 está para apresentar nos próximos dias, o relatório dele sobre o projeto, e ao que tudo indica  haverá proposição de artigos na MP (que venham “a reduzir o impacto” para a indústria do tabaco).

Veja:

Táticas de Marketing da Indústria tabagista

Marketing Halloween da Indústria tabagista

Assim, é extremamente importante que todas as nossas representações, tanto nacionais, quanto locais, se mobilizem junto aos partidos e seus líderes na Câmara Federal, inicialmente, para barrar esta manobra que é uma afronta à saúde pública e ao tratamento de matérias de interesse da população, dentro da tramitação e dos organismos onde já caminham, como o PLS 315/08 no Senado Federal (lei que regulamente os ambientes livres de tabaco sem fumódromos ou estabelecimentos para fumantes) e na ANVISA, agência reguladora nacional que baliza as recomendações da Conferência das Partes da OMS, no que diz respeito à proibição dos aromatizantes/flavorizantes no cigarro e na regulação das embalagens dos cigarros e sua publicidade nos pontos de venda.

Haloween na Política anti tabagismo?

Halloween na política anti tabagismo?

Derrubar o PLS 315/08 é uma brincadeira de mal gosto comparando-se a uma espécie de “travessura?!” Na semana do Halloween por parte de quem deveria respeitar e salvaguardar a Saúde Pública no Brasil.

Fontes:

IDEC_ Instituto de Defesa do Consumidor

CT SBPT – Comissão de Tabagismo da Sociedade Brasileira de Pneumologia

ACTbr- Aliança de Controle do Tabagismo:

Segue a relação dos nomes, telefones, fax e e-mails dos deputados líderes de partidos, de blocos parlamentares e, da maioria (governo) e da minoria (oposição) para o envio de nossas manifestações (é recomendável enviar no corpo do e-mail, anexos em geral não são lidos).

E.mails.telefones.lideres.partidos.blocos.CamaraFederal

Colegio.Lideres.Partidarios.Camara.Senado.Federal

%d blogueiros gostam disto: