Arquivo

Posts Tagged ‘Gripe suína’

CDC Recomenda Esquema de Vacinas para Adultos

15 de fevereiro de 2013 Comentários desligados

Vacinas recomedadas para adultos

Vacinas recomedadas para adultos

CDC recomenda calendário de imunização para adultos
O Comité Consultivo em Práticas de Imunização emitiu diretrizes atualizadas para a imunização de adultos. Os destaques incluem o seguinte:

  •      Vacina 13-valente conjugada pneumocócica (PCV13) é recomendada para adultos (idade ≥ 19) em estado imunocompetente ( além da vacina pneumocócica Pneumo-23, ou PPSV23);
  •     A PPSV23 deve ser administrada a idosos (idade, ≥ 65) e readministrado naqueles que receberam uma ou duas doses antes dos 65 anos, de 5 em 5 anos;
  •      Vacina tríplice: Tétano, difteria e coqueluche (dTpa) é recomendada para idosos (idade ≥ 65) e para as mulheres gestantes (com gestação entre 27-36 semanas) para ajudar a proteger os recém-nascidos.
  •      Vacina contra a gripe intranasal (LAIV) – disponível nos Estados Unidos para o inverno  2013-2014 provavelmente estará disponível apenas como uma vacina tetravalente (incluindo duas cepas de influenza A, H3N2 e H1N1, e duas cepas de influenza B), o que deve melhorar a cobertura, sendo um upgrade da vacina trivalente anterior.
  •      Pacientes que sofrem de urticária ou alergia a ovo devem receber a vacina de influenza (IIV), em vez de LAIV.  A vacina IIV  é a forma trivalente disponível em gera no Brasil para idosos acima de 60 anos (mas, alguns laboratórios podem dispor da apresentação quadrivalente para a temporada de 2013-2014).
  •      Vacina contra o papilomavírus humano bivalente (HPV2) ou vacina quadrivalente (HPV4) são recomendadas para as meninas e mulheres, e HPV4 é recomendada para meninos e homens.

Referências:

  1.      CDC -Centro de Controle de Doenças;
  2. @PulmaoSA – pulmões: A sua verdadeira atmosfera!
Anúncios

Situação da Gripe no Mundo

4 de maio de 2012 Comentários desligados

20120504-074113 PM.jpg

Gripe sazonal: Atualização da Situação Internacional

A @PulmaoSA disponibiliza abaixo um relatório Internacional da atividade de gripe e de surtos de gripe.
Região Norte

Atividade: diminuindo;
Fonte: ícone do site WHOExternal Web

Canadá

Atividade: tem diminuído desde meados de março e já passou o pico sazonal;
Virologia: a temporada tem evidenciado uma mistura de vírus influenza A (H3N2) e vírus influenza B em geral. Os vírus influenza B predominaram nas últimas semanas de março e abril de 2012.
Fonte: Agência de Saúde Pública do Canada

China

Atividade: diminuiu de forma constante a partir de início de março até meados de abril;
Virologia: vírus influenza B predominou durante a maior parte de 2012, mas a gripe A (H3N2) tem predominado desde o final de março.
Fonte: Chinese National Influenza

Europa

Atividade: diminuiu de forma constante desde o final de fevereiro a meados de Abril.
Virologia: influenza A (H3N2) tem predominado em toda a Europa desde o início de 2012;

Norte de África e da Região Leste do Mediterrâneo

Atividade: ou diminuindo.
Virologia: influenza A (H3N2) vírus têm predominado em toda a Europa desde o início de 2012.

República da Coreia

Actividade: elevada, em comparação com  mesmo período de 2011;
Virologia: influenza A (H3N2) vírus predominaram no início de 2012, mas os vírus influenza B predominaram desde o final de fevereiro

Região Tropical

Atividade: em sua maioria mostra tendência de baixa.

Região temperada do sul
Atividade: baixa. Entrementes, dada a proximidade do inverno no hemisfério sul, o editor da @PulmaoSA, o Dr. Marcos Nascimento aconselha a tomada da vacina da gripe, sobretudo para aqueles com maior risco como os portadores de asma, DPOC e demais doenças crônicas; os viajantes e tripulação aérea, gestantes, crisnças menores de 2 anos, obesos mórbidos, e idosos acima de 60 anos.
Vale lembrar que campanha Nacional de Vacinação contra a gripe no Brasil, começa no sábado, 5 de maio, que será o Dia D!
Fontes: WHO
PulmaoSA – Sua Atmosfera, Sua vida!

Brasil registra primeira morte por Gripe A em 2011 – Brazil Confirmed the first death from influenza A in 2011

8 de junho de 2011 Comentários desligados

Vacina da gripe em 1957 - Flu Vaccine Shot in 1957

Confirmada primeira morte por Gripe A no Brasil em 2011

Foi confirmada, na manhã desta quarta-feira (8), pela Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Sul, a primeira morte por Gripe A no Brasil neste ano. Até agora, foram notificados 87 casos suspeitos da doença, com três confirmados.

A vítima foi uma mulher de 48 anos, residente em Anta Gorda, que iniciou com sintomas gripais no dia 29 de maio.

A Secretaria de Saúde esclarece que a situação da Influenza A H1N1 está sob controle no Estado até o momento. Todos os municípios do Estado contam com medicamento antiviral e outros insumos necessários para o enfrentamento da circulação viral.

O Editor da Pulmão SA, Dr. Marcos Nascimento relembra a necessidade de estar vacinado para a gripe. “A Vacina antiinfluenza é a melhor maneira de se proteger tanto contra a gripe sazonal como para a gripe suina/ H1N1. E Isto é particularmente importante para pessoas do grupo de risco como gestantes, profissionais de saúde, Indígenas, idosos, crianças de 0 a 2 anos de idade,  portadores de doenças crônicas como DPOC e asma, assim como viajantes e aeronautas,” complementa Dr. Nascimento.

FONTES:

PULMAOSANEWS – PulmaoSA – Sua Atmosfera, Sua Vida!

Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul (SES)

ENGLISH

Confirmed the first death from influenza A in Brazil 2011

(PULMAOSANEWS) – It was confirmed on the morning of Wednesday (8), by The Health Office of Rio Grande do Sul State, the first death from influenza A in Brazil this year. So far, 87 suspected cases were reported of the disease, with three confirmed.

The victim was a woman of 48 years, residing in Anta Gorda, which started with flu symptoms on 29 May.

The Health Department declares that the situation of Influenza A H1N1 is under control in the state. All municipalities in the state have antiviral drugs and other inputs needed to combat the viral circulation.
The Md. Editor from PULMAO SA, Dr. Marcos Nascimento recalls the need to get vaccinated for flu. “The anti-influenza vaccine is the best way to protect yourself and your children against seasonal flu and also swine flu/ H1N1,” said Dr. Nascimento.

SOURCES:
PULMAOSANEWS – PulmaoSA – Your atmosphere, Your Life!
Health Secretariat of Rio Grande do Sul State, Brazil

Atualização da Gripe no Brasil,nos USA e no Mundo – Update of Influenza in Brazil,USA and Worldwide

28 de julho de 2010 Comentários desligados

Vacina Influenza vaccine

PULMAOSA IS PROUD TO BE OFFICIAL PARTNER

Atualização da Gripe no Brasil,nos USA e no Mundo

(PULMAOSANEWS)– De acordo com os últimos boletins da Organização Mundial de Saúde ( OMS) há uma tendência a estabilidade ou mesmo queda no número de casos de gripe pelo mundo, à exceção de algumas regiões na Ásia com destaque para Índia, que reportou aumento tanto no número de casos como no número de óbitos por gripe pandêmica H1N1.

A Índia registrou 548 novos casos, e 38 óbitos na semana  entre 18 e 25 de julho de 2010. Evidencia uma curva com tendência momentânea de aumento em relação a semana anterior com 322 casos confirmados e 21 óbitos.

A OMS pode revisar para baixo o nível de alerta pandêmico máximo, mas aguarda maiores dados do hemisfério sul, que se encontra em pleno inverno  e detalhes sobre a situação na Ásia para tomar uma decisão final.

Afim de facilitar a busca de dados sobre  influenza sazonal ( gripe comum), e da gripe pandêmica H1N1.

A PULMAOSA, cumprindo com a sua missão de melhor informá-lo sobre as doenças respiratórias, publica abaixo os Links para os gráficos de tendência da gripe no Brasil, Estados Unidos, Argentina e Chile, destinos preferenciais de viagem de brasileiros e também do Canadá,França e Alemanha, atualizados em tempo real pela Google:

Tendências da Gripe no Brasil

Tendências da Gripe USA

Tendências da Gripe Argentina

Tendências da Gripe Canadá

Tendências da gripe Chile

Tendênciasda Gripe França

Tendências Gripe Alemanha

Fontes:

PULMÃO S.A. – Sua Atmosfera, Sua vida!®

OMS – Organização Mundial de Saúde;

GOOGLE

ENGLISH

Update of Influenza in Brazil,USA and Worldwide

(PULMAOSANEWS) – According to the latest bulletins from the World Health Organization (WHO), the trend is stable or even decline in the number of cases of influenza throughout the world, except for some regions in Asia with detach to India, which reported increases in both the number of cases and the number of deaths from pandemic influenza H1N1.

India reported 548 new cases and 38 deaths in the week between 18 and 25 July 2010. Shows a curve with a momentary trend of increase over the previous week with 322 confirmed cases and 21 deaths.

WHO may revise downward the maximum level of pandemic alert, but awaits more data from the southern hemisphere, which is in winter and details about the situation in Asia to take a final decision.

To facilitate the search for data on seasonal influenza (flu) and pandemic influenza H1N1, the PULMAOSA ,  fulfilling its mission to better inform you about respiratory diseases, publishes the links below for graphs of the trend of influenza in Brazil, USA, Argentina and Chile, the preferred destinations of travel by Brazilians and also Canada, France and Germany, updated in real time by Google:

Brazil Influenza Trends

USA Flu Trends

Trends in Influenza Argentina

Trends Flu Canada

Trends in influenza Chile

France Flu Trends

Trends Influenza Germany

Sources:

PULMAO S.A.- Lungs: Your Atmosphere, your Life! ®

WHO – World Health Organization;

GOOGLE

Categorias:H1N1, Principal Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Gripe Suína Paraná- Brasil Junho de 2010 – Swine Flu in Parana, Brazil uptodate June 2010

24 de junho de 2010 Comentários desligados

Gripe Suína Paraná Junho de 2010

Paraná em destaque -Brazil map and Parana State in Blue

Curitiba- PULMAOSANEWS-  A Secretaria de Saúde do Estado do Paraná informa em seu último boletim   de junho de 2010 que o Paraná confirmou 1.419 casos de gripe pandêmica H1N1 no Estado no ano de 2010, sendo que 15 pessoas evoluíram com complicações e foram a óbito. Outros 2.377 casos de síndrome gripal foram negativos para o vírus H1N1 pandêmico.

Óbitos por H1N1 segundo genero - H1N1 Deaths by sex

Segundo dados epidemiológicos da Secretaria de Estado do Paraná houve uma maior concentração de óbitos na faixa de 20 a 49 anos, perfazendo 33,3% do total, justamente a faixa com maior registro de atrasos na meta de vacinação nacional contra a influenza H1N1.

Nota-se também um predomínio de registro de óbitos para o sexo feminino(73%), contra 27% para o sexo masculino.  Conforme expresso no gráfico e tabela 1.

Tabela1: Distribuição de óbitos confirmados por faixa Etária:

Faixa etária N° de casos %
0- 4 anos 2 13,3%
5- 19 anos 3 20,0%
20- 49 anos 5 33,3%
50- 59 anos 2 13,3%
60 e mais 3 20,0%
TOTAL 15 100%

A PULMÃO S.A. reforça a necessidade de continuar observando as medidas de proteção como a etiqueta da tosse, e a utilização de métodos de barreira como lenços de papel ao tossir ou espirrar. Lavar as mãos com água e sabão e utilizar álcool gel a70% continuam sendo necessários tal qual procurar evitar locais com grande aglomeração de pessoas.

Estas medidas de prevenção valem para todos, mas em especial para os portadores de doenças crônicas como Asma brônquica e Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica ( DPOC), insuficiência renal, etc. E também para aqueles que não receberam a vacina antiinfluenza H1N1.

Lembre: A vacina anti H1N1 é a melhor maneira de se proteger contra a gripe suína/ gripe A.

Fontes:

PULMAOSANEWS – PULMAOSA – Sua Atmosfera, Sua Vida!®

SESA- Secretaria de Saúde do Estado do Paraná- Brasil

Aumento de Atividade gripal em Três Países – Three countries report growing flu activity

16 de junho de 2010 Comentários desligados

2010 Ano do Pulmão - 2010 Lung Year

OMS Registra Aumento de Atividade Gripal em Três Países

Curitiba-(PULMAOSANEWS)– Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a Índia, a Colômbia e Nova Zelândia estão relatando um aumento na atividade da gripe pandêmica, associada a complicações que resultaram em óbitos nestes países.

O Ministério da Saúde da Nova Zelândia relatou a semana passada um aumento de casos de síndrome gripal, atingindo principalmente crianças.

O Ministério da Saúde indiano relatou a ocorrência de nove óbitos por gripe suína/ H1N1 neste mês de junho no Estado de Karnataka, e quatro no estado de Maharashtra e na cidade de Kerala.  O Ministério teme um aumento de casos associados ao início, em maio, da temporada de chuvas de Monções.

As autoridades de saúde colombianas estão relatando um número crescente de casos de gripe pandêmica H1N1. Bogotá alerta para que os habitantes mantenham os cuidados associados à etiqueta da tosse, evite aglomerações, além de procurarem estar vacinados contra a influenza H1N1 pandêmica e para a influenza sazonal (Gripe comum), lembrando a necessidade de prioridade para os grupos de risco como os portadores de Asma, de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), as gestantes, e portadores de outras doenças crônicas como Insuficiência renal, HAS, e neoplasias por exemplo. O número de casos na primeira semana de junho, na cidade aumentou de 2 para 14.

A OMS reitera em concomitância através de seu relatório semanal de vigilância global da gripe, que apesar de haver focos de infecções em ascensão nestes países, a atividade do vírus pandêmico é reduzida na maior parte do mundo.

FONTES:

PULMAOSANEWS- PULMAOSA- Sua Atmosfera, Sua Vida! ®

Organização Mundial de Saúde (OMS)

ENGLISH

Three countries report growing flu activity

Curitiba-(PULMAOSANEWS) – According to World Health Organization (WHO), India, Colombia and New Zealand are reporting increased activity of influenza pandemic, coupled with complications that resulted in deaths in these countries.
The Ministry of Health in New Zealand last week reported an increase in cases of flu syndrome, affecting mainly children.
The Indian Health ministry has reported the occurrence of nine deaths from swine flu / H1N1 this month of June in the state of Karnataka, and four in the state of Maharashtra and in the city of Kerala. The Ministry fears an increase in cases associated  in May, with beginning of the monsoon rains’ season.

Colombian health authorities are reporting an increasing number of cases of pandemic influenza H1N1. Bogota warning to the inhabitants maintain the care label associated with cough, avoid settlements, and seek to be vaccinated against H1N1 pandemic influenza and seasonal influenza (flu), recalling the need for prioritizing risk groups such as patients of Asthma, Chronic Obstructive Pulmonary Disease (COPD), pregnant women, and those with other chronic diseases such as renal insufficiency, hypertension, and cancer patients for example. The number of cases in the first week of June in the town increased from 2 to 14.
WHO reiterates concomitantly through its weekly report on global surveillance of influenza, that despite outbreaks of infections on the rise in these countries, the pandemic virus activity is reduced in most of the world.

SOURCES:
PULMAOSANEWS-PULMAOSA- Lungs,Your atmosphere, Your Life! ®
World Health Organization (WHO)

H1N1:Estudo sugere diferenças na apresentação clínica entre H1N1 e Gripe comum –

26 de maio de 2010 Comentários desligados

Influenza virus

Estudo sugere que a Clínica pode dar pistas e diferenciar Gripe A da Sazonal

PULMAOSANEWS–  Um estudo realizado com pacientes internados em um hospital de Cingapura, que foi publicado na revista médica Archives of Internal Medicine sugere que há possibilidade de diferenciar através de  sinais e sintomas clínicos a gripe sazonal (comum) da gripe epidêmica tipo A ou Suína.

O estudo foi realizado nos primeiros três meses da pandemia de H1N1 em 2009, e evidenciou um padrão clínico diferenciado da gripe A em relação aos pacientes portadores de gripe sazonal.

Resumidamente os pacientes com Gripe Suína/ H1N1 eram mais jovens, e apresentaram um quadro clínico pobre, portanto com poucos sintomas, quando comparados com aqueles portadores da gripe sazonal.

De 547 pacientes com gripe H1N1, 42% tinham:

  • Entre 6 e 18 anos de idade;
  • 35%  de 19 a 35 anos;
  • E apenas 6% estavam numa faixa de  51 anos de idade ou mais velhos.

Nos 193 pacientes que foram diagnosticados com gripe sazonal, os números foram:

  • Respectivamente:  16%, ( Entre 6 e 18 anos);
  • 21% na faixa de 19 a 35 anos de idade;
  • E 23% apresentando  51 anos ou mais.

Febre foi mais comum em pessoas com a gripe sazonal.

Tosse, Odinofagia (dor de garganta), e mialgia (dores musculares) foram  sintomas mais associados a gripe A/H1N1.

O Abstract do artigo pode ser acessado em inglês no link: Archives of Internal Medicine

A PULMÃO S.A. todavia esclarece, com base em consenso do Centro de Prvenção e Controle de Doenças Americano ( CDC), que deve-se tratar a Síndrome gripal, pois em uma epidemia a probabilidade é maior para uma apresentação por vírus pandêmico.

FONTES:

PULMAOSA – Sua Atmosfera, Sua Vida! ®

Center for Diseases Control- CDC USA;

Archives of Internal Medicine.

ENGLISH

Study suggests that the Clinic can give clues and differentiate Seasonal Influenza from H1N1

PULMAOSANEWS
-A study of patients admitted to a hospital in Singapore, which was published in the medical journal Archives of Internal Medicine suggests that it is possible to differentiate by clinical signs and symptoms of seasonal flu (common) flu epidemic type A or swine.

The study was conducted in the first three months of the pandemic of H1N1 in 2009 and showed a clinical pattern distinct influenza A compared to patients with seasonal flu.

Briefly patients with Swine Influenza / H1N1 were younger and had a poor clinical condition and therefore have fewer symptoms when compared with those suffering from seasonal flu.

Of 547  patients with influenza H1N1,

* 42% were: Patients between 6 and 18 years of age;
* 35% present 19-35 years-old;
* And only 6% were in the range of 51 years of age or older.

In 193 patients who were diagnosed with seasonal flu, the numbers were:

* Respectively, 16% (from 6 to 18 years);
* 21% in the range 19-35 years;
* And 23% had 51 years or more.

Fever was more common in people with seasonal flu.

Cough, sore throat, and myalgia (muscle pain) were more symptoms associated with influenza H1N1.

The abstract of the article can be accessed in English at the link below:

Archives of Internal Medicine

However, The PULMAOSA clarifies, based on consensus of the Center for Disease Control and Prevention (CDC),that the flu syndrome it must be treated , since in one epidemic probability is higher for a presentation on pandemic virus.

SOURCES:

PULMAOSA – Your atmosphere, Your Life! ®

Center for Disease Control CDC, USA;

Archives of Internal Medicine.

%d blogueiros gostam disto: