Archive

Posts Tagged ‘gripe’

Situação da Gripe no Mundo

4 de maio de 2012 Comentários desligados

20120504-074113 PM.jpg

Gripe sazonal: Atualização da Situação Internacional

A @PulmaoSA disponibiliza abaixo um relatório Internacional da atividade de gripe e de surtos de gripe.
Região Norte

Atividade: diminuindo;
Fonte: ícone do site WHOExternal Web

Canadá

Atividade: tem diminuído desde meados de março e já passou o pico sazonal;
Virologia: a temporada tem evidenciado uma mistura de vírus influenza A (H3N2) e vírus influenza B em geral. Os vírus influenza B predominaram nas últimas semanas de março e abril de 2012.
Fonte: Agência de Saúde Pública do Canada

China

Atividade: diminuiu de forma constante a partir de início de março até meados de abril;
Virologia: vírus influenza B predominou durante a maior parte de 2012, mas a gripe A (H3N2) tem predominado desde o final de março.
Fonte: Chinese National Influenza

Europa

Atividade: diminuiu de forma constante desde o final de fevereiro a meados de Abril.
Virologia: influenza A (H3N2) tem predominado em toda a Europa desde o início de 2012;

Norte de África e da Região Leste do Mediterrâneo

Atividade: ou diminuindo.
Virologia: influenza A (H3N2) vírus têm predominado em toda a Europa desde o início de 2012.

República da Coreia

Actividade: elevada, em comparação com  mesmo período de 2011;
Virologia: influenza A (H3N2) vírus predominaram no início de 2012, mas os vírus influenza B predominaram desde o final de fevereiro

Região Tropical

Atividade: em sua maioria mostra tendência de baixa.

Região temperada do sul
Atividade: baixa. Entrementes, dada a proximidade do inverno no hemisfério sul, o editor da @PulmaoSA, o Dr. Marcos Nascimento aconselha a tomada da vacina da gripe, sobretudo para aqueles com maior risco como os portadores de asma, DPOC e demais doenças crônicas; os viajantes e tripulação aérea, gestantes, crisnças menores de 2 anos, obesos mórbidos, e idosos acima de 60 anos.
Vale lembrar que campanha Nacional de Vacinação contra a gripe no Brasil, começa no sábado, 5 de maio, que será o Dia D!
Fontes: WHO
PulmaoSA – Sua Atmosfera, Sua vida!

Por que vacinar contra a gripe todos os anos?

27 de abril de 2012 Comentários desligados

20120427-031716 PM.jpg

Por que vacinar contra a gripe todos os anos?

No dia 5 de maio de 2012 começará novamente a campanha Nacional de vacinação contra a gripe em todo o Brasil.
Sabidamente a vacina da gripe protege contra 3 sorotipos de vírus influenza, sendo chamada de vacina triviral. Os vírus influenza que compõem a vacina são os pandemicos A e B, pelo fato de potencialmente poderem causar epidemias globais, cabendo a sua escolha a Organização Mundial de Saúde, de acordo com a prevalência de gripe no inverno anterior. A vacina de 2012 conterá 2 vírus do tipo A: H1N1 pandemico 2009 ( vírus da gripe suína); Um H2N3 também tipo A, e um vírus do tipo B.
Uma vez que estes vírus estão sempre em mutação, é preciso se proteger todo ano, tomando a vacina da gripe.

Mas quem precisa tomar a vacina da gripe?

A OMS aconselha que pessoas com maior risco de gripe devem tomar a vacina da gripe anualmente para evitar complicações como pneumonias e mesmo o óbito. São elas:
Crianças com menos de 2 anos de idade;
Pessoas acima de 60 anos;
Gestantes;
Portadores de doenças crônicas como diabetes mellitus, insuficiência cardíaca, portadores de DPOC ( bronquite crônica e enfisema pulmonar), asma brônquica, etc.
profissões de maior risco para gripe:
Trabalhadores da área de saúde e do setor de turismo;
Tripulação aérea: comissários, pilotos e aeromoças;
Caminhoneiros e motoristas profissionais;
Professores e trabalhadores de creches;

Fontes:
Pulmão S.A.- Sua Atmosfera, Sua Vida!
OMS

Brasil não atinge meta vacinal para a gripe – Brazil does not meet target for flu vaccine

14 de maio de 2011 Comentários desligados

Brasil não atinge meta vacinal para a gripe

(PULMAOSANEWS)–  Balanço sobre a campanha nacional de vacinação contra a gripe divulgado pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira 13 de maio de 2011, informa que nenhum Estado da federação conseguiu atingir a meta proposta de vacinar ao menos 80% da população alvo. Foram vacinadas  pouco mais de 18 milhões de pessoas em todo o país, ou seja 60,24% da meta. Nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e cidades como Belo Horizonte (MG) e Campo Grande (MS), onde as metas estipuladas não foram atingidas, as secretarias estaduais de saúde já declararam que irão  prorrogar a campanha por mais uma semana, ou seja, até o próximo dia 20 de maio de 2011.

Veja os 10 Estados com a melhor cobertura vacinal: 

 O Estado com a melhor taxa de cobertura  vacinal foi Santa Catarina com 75,4%, seguido por Goiás (73,16%), Piauí (72,34%), Paraná (72,23%), Alagoas(71,53%), Espirito Santo (69,52%), Minas Gerais (67,46%), Mato Grosso do Sul (66,44%), Maranhão(66,33%), Tocantins (65,12%).

Os 10 piores:

O Estado com a pior cobertura vacinal foi Roraima com 22,71%, seguido por Rio de Janeiro (48,38%), Acre (51,47%), Ceará (51,86%), Amazonas (52,57%), Amapá (53,59%), Mato Grosso (54,26%), Pará (55,37%), São Paulo (56,09%), e Pernambuco (56,94%).

Publico alvo:

Em relação ao publico alvo da campanha nacional de imunização contra o influenza observa-se que os grupos que mais contribuíram para o não cumprimento da meta foram:

  • Indígenas com apenas 38,07% de cobertura; e
  • Gestantes com 39,47%.

A cobertura para crianças  de 6 meses a 2 anos ficou em 65,04%.

Entre os Estados Roraima também registrou a pior cobertura tanto em crianças (36,78%), quanto em gestantes (19,39%).

SUL:

A PULMAOSA alerta para fato de que entre os estados que registram as menores médias de temperatura do país, o Rio Grande registrou a pior cobertura vacinal com 59,74%,  chamando a atenção especialmente para o grupo das gestantes que ficou com 36,98%.

Acesse aqui o balanço do Ministério da Saúde  na íntegra: Cobertura Gripe UF

FONTES:

 PULMAOSANEWS- Pulmão S.A.- Sua Atmosfera, Sua Vida!

Ministério da Saúde do Brasil

ENGLISH


Brazil does not meet target for influenza vaccine

(PULMAOSANEWS) – Balance on the Brazil’s National Influenza Vaccination Campaingn published by the Health Ministry this Friday, May 13, 2011,  reveals that  any state in the Brazilian federation has achieved the proposed goal of vaccinating at least 80% of the target population. It was vaccinated just over 18 million people across the country, ie 60.24% of goal.

In the states of Sao Paulo, Rio de Janeiro, Parana, Rio Grande do Sul and Santa Catarina, and cities like Belo Horizonte (MG) and Campo Grande (MS), where the projected targets were not met, the state health departments have declared that will extend the campaign for  one more week, until the next May 20, 2011.

See the 10 states with the best coverage:

The state with the highest rate of vaccination coverage was Santa Catarina with 75,4%,  followed by Goiás (73.16%), Piauí (72.34%), Paraná (72.23%), Alagoas (71.53% ), Espirito Santo (69.52%), Minas Gerais (67.46%), Mato Grosso do Sul (66.44%), Maranhão (66.33%), Tocantins (65.12%).

 The 10 worst:

The state with the worst coverage was Roraima with 22.71% followed by Rio de Janeiro (48.38%), Acre (51.47%), Ceará (51.86%), Amazonas (52.57%) , Amapá (53.59%), Mato Grosso (54.26%), Pará (55.37%), São Paulo (56.09%) and Pernambuco (56.94%).

 Target audience:

Regarding the target audience of the Brazilian National Immunization Campaign against influenza is observed that the groups that most contributed to not achieving the target were:

Indians with only 38.07% coverage and
Pregnant women with 39.47%.

Coverage for children 6 months to 2 years was in 65.04%.

Among the Brazilian States Roraima also recorded the worst coverage both in children (36.78%), and also in pregnant women (19.39%).

 SOUTHERN REGION

The PULMAOSA alert to the fact that among states that record the lowest average temperature in the country, Rio Grande do Sul State recorded the worst averege with 59.74% coverage, drawing attention especially to the group of pregnant women who got 36.98% .

Access here the balance of the Health Ministry in full: _Gripe_UF_130511

SOURCES:

 PULMAOSANEWS Lung-SA-Your atmosphere, Your Life!

Ministry of Health of Brazil

Coloque na Agenda: Vacina da Gripe √

27 de abril de 2011 Comentários desligados

Campanha Nacional de Vacinação da gripe 2011

Coloque na Agenda: Vacina da gripe √

A partir de segunda-feira, 25 de abril inicia-se no Brasil a campanha nacional de vacinação contra a influenza (gripe). A meta do governo brasileiro é vacinar de 24 milhões a 30 milhões de pessoas até o dia 13 de maio de 2011.

Os alvos da campanha de 2011 são: os idosos com mais de 60 anos, indígenas, gestantes e crianças entre seis meses e menos de dois anos de idade devem ser imunizados contra a gripe, dentro da campanha nacional de vacinação.

A PULMÃO S.A. alerta para a necessidade de 2 doses de vacina para as crianças.

A vacina é triviral, portanto oferece cobertura contra os três virus influenza , definidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS) : 1. H1N1 tipo A,  pandêmico  2009 ( Vírus da gripe suína); 2. H3N2 tipo A e 3. Um virus influenza tipo B.

Vale a pena lembrar que dentre as contra indicações para vacina estão a alergia a albumina (proteína do ovo) e encontrar-se em estado febril no dia da vacinação.

A vacina antiinfluenza é protocolarmente indicada também aos portadores de doenças crônicas, como DPOC, Asma brônquica, Insuficiência Cardíaca, Diabetes Mellitus, etc  pois ao adquirirem gripe têm maior risco de complicações como a pneumonia bacteriana, o que pode tornar necessário a internação hospitalar. Uma vez que a vacina antiinfluenza reduz o risco de gripe, e em concomitância minora o risco de complicações bacterianas, deveria ser também oferecida aos portadores de doenças crônicas, segundo o editor médico da PULMÃO S.A. , o Dr. Marcos Nascimento.

Lembre:

1. Os sintomas da gripe iniciam entre 1 e 7 dias após a infecção ( e têm um período de incubação médio de 2 dias). O início é súbito com febre em geral alta ( > 37,8ºC), mialgia (dor no corpo), dor de cabeça e tosse seca e coriza. Caso seu filho apresente estes sintomas não o leve a escola, e procure um médico.

2. Utilize lenços de papel ao espirrar e use sabão comum e álcool gel a 70% para a higienização das mãos;

3. Antitérmicos e analgésicos podem ser utilizados para controlar os sintomas da gripe, principalmente a febre e a dor, porém não agem contra o vírus da gripe, e devem ser orientados por um médico.

4. A utilização de medicamentos que contenham em sua formula o ácido acetilsalicílico (AAS®, Aspirina®, Doril®, Melhoral® etc.) é terminantemente proibida em crianças com gripe, pela possibilidade de desenvolver a Síndrome de Reye.  Esta síndrome, é rara, mas possui alta letalidade, e como supracitado, está associada ao uso do ácido acetilsalicílico durante infecções virais em crianças, sendo caracterizada por comprometimento do Sistema nervoso Central e hepático. Por isto, sempre consulte um médico antes de tomar qualquer medicamento.

FONTES:

1.PULMÂO S.A. – Sua Atmosfera, Sua Vida! ®

2.Cives- UFRJ

3. OMS Arquivos.

OMS suspende Estado Pandêmico da Gripe H1N1 Swine flu pandemic is over, says WHO

10 de agosto de 2010 Comentários desligados

OMS - WHO

OMS Suspende Estado Pandêmico da Gripe A/ H1N1

( PULMAOSANEWS) – Quatorze  meses após ter sido declarado o status de pandemia para gripe A/ Gripe suína, ocasionada pelo vírus do tipo A H1N1, a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou a suspensão do “Estado Pandêmico,” nesta terça 10 de agosto de 2010.

O Editor Médico da PULMÃO S.A. Dr. Marcos Nascimento esclarece que isto não significa o “fim” da gripe H1N1, e sim uma regressão no nível de alerta da OMS, indicando que a atividade gripal retornou ao mesmo nível de contágio de antes da epidemia, e portanto se assemelhando ao nível da gripe sazonal ou comum.Isto indica que contágios por gripe A ainda  são possíveis, sendo recomendável que as pessoas mantenham os mesmos níveis de cuidados associados à etiqueta da tosse. Afinal, o estado pandêmico foi suspenso, mas a gripe continua ocorrendo, complementa Nascimento.

A declaração da OMS seguiu as recomendações de consultores em gripe que observaram período de latência do vírus da gripe H1N1 em várias partes do mundo.

Entretanto o relatório da OMS faz menção a ocorrência de aumento no número de casos em alguns países como na Nova Zelândia e principalmente na Índia, que registrou na semana de 2 a 8 de agosto 942 casos novos, e 83 registros de óbito por gripe A.

Veja o Número de casos na Índia

Acompanhe a tendência da gripe na  Nova Zelândia

Fontes:

PULMAOSANEWS- PULMÃO S.A – Sua Atmosfera, Sua vida!®

OMS – Organização Mundial de Saúde;

PIB- Press Information Bureau do Governo da Índia

ENGLISH

WHO: Swine flu pandemic is over

Fourteen months after being declared to the status of pandemic influenza A / Swine flu, caused by virus type A H1N1, the World Health Organization (WHO) declared the suspension of the “State Pandemic.”

The Medical Editor of PULMAOSA Dr. Marcos Nascimento clarifies that this does not mean the “end” of H1N1, but a regression in the WHO alert level, indicating that influenza activity has returned to the same level of contagion before the epidemic, and thus resembling the level of seasonal flu. This indicates that contagion from the flu are still possible, it is recommended that people keep the same levels of care associated with the Etiquette of cough. After all, the pandemic has been suspended, but the flu is still occurring, complements Dr.Nascimento.

The statement followed the recommendations of consultants who observed influenza latency period of influenza virus H1N1 in various parts of the world.
However at the same time WHO report mentions the occurrence of an increased number of cases in some countries like New Zealand and particularly in India, which recorded the week of 2 to August 942 new cases, and 83 reports of death from influenza A.

See the number of H1N1 cases in India

Follow the trend of influenza in New Zealand

Sources:

PULMAOSANEWS- Lungs: Your atmosphere, your Life! ®

WHO – World Health Organization;

PIB-Press Information Bureau, Government of India

Atualização da Gripe no Brasil,nos USA e no Mundo – Update of Influenza in Brazil,USA and Worldwide

28 de julho de 2010 Comentários desligados

Vacina Influenza vaccine

PULMAOSA IS PROUD TO BE OFFICIAL PARTNER

Atualização da Gripe no Brasil,nos USA e no Mundo

(PULMAOSANEWS)– De acordo com os últimos boletins da Organização Mundial de Saúde ( OMS) há uma tendência a estabilidade ou mesmo queda no número de casos de gripe pelo mundo, à exceção de algumas regiões na Ásia com destaque para Índia, que reportou aumento tanto no número de casos como no número de óbitos por gripe pandêmica H1N1.

A Índia registrou 548 novos casos, e 38 óbitos na semana  entre 18 e 25 de julho de 2010. Evidencia uma curva com tendência momentânea de aumento em relação a semana anterior com 322 casos confirmados e 21 óbitos.

A OMS pode revisar para baixo o nível de alerta pandêmico máximo, mas aguarda maiores dados do hemisfério sul, que se encontra em pleno inverno  e detalhes sobre a situação na Ásia para tomar uma decisão final.

Afim de facilitar a busca de dados sobre  influenza sazonal ( gripe comum), e da gripe pandêmica H1N1.

A PULMAOSA, cumprindo com a sua missão de melhor informá-lo sobre as doenças respiratórias, publica abaixo os Links para os gráficos de tendência da gripe no Brasil, Estados Unidos, Argentina e Chile, destinos preferenciais de viagem de brasileiros e também do Canadá,França e Alemanha, atualizados em tempo real pela Google:

Tendências da Gripe no Brasil

Tendências da Gripe USA

Tendências da Gripe Argentina

Tendências da Gripe Canadá

Tendências da gripe Chile

Tendênciasda Gripe França

Tendências Gripe Alemanha

Fontes:

PULMÃO S.A. – Sua Atmosfera, Sua vida!®

OMS – Organização Mundial de Saúde;

GOOGLE

ENGLISH

Update of Influenza in Brazil,USA and Worldwide

(PULMAOSANEWS) – According to the latest bulletins from the World Health Organization (WHO), the trend is stable or even decline in the number of cases of influenza throughout the world, except for some regions in Asia with detach to India, which reported increases in both the number of cases and the number of deaths from pandemic influenza H1N1.

India reported 548 new cases and 38 deaths in the week between 18 and 25 July 2010. Shows a curve with a momentary trend of increase over the previous week with 322 confirmed cases and 21 deaths.

WHO may revise downward the maximum level of pandemic alert, but awaits more data from the southern hemisphere, which is in winter and details about the situation in Asia to take a final decision.

To facilitate the search for data on seasonal influenza (flu) and pandemic influenza H1N1, the PULMAOSA ,  fulfilling its mission to better inform you about respiratory diseases, publishes the links below for graphs of the trend of influenza in Brazil, USA, Argentina and Chile, the preferred destinations of travel by Brazilians and also Canada, France and Germany, updated in real time by Google:

Brazil Influenza Trends

USA Flu Trends

Trends in Influenza Argentina

Trends Flu Canada

Trends in influenza Chile

France Flu Trends

Trends Influenza Germany

Sources:

PULMAO S.A.- Lungs: Your Atmosphere, your Life! ®

WHO – World Health Organization;

GOOGLE

Categorias:H1N1, Principal Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Aumento de Atividade gripal em Três Países – Three countries report growing flu activity

16 de junho de 2010 Comentários desligados

2010 Ano do Pulmão - 2010 Lung Year

OMS Registra Aumento de Atividade Gripal em Três Países

Curitiba-(PULMAOSANEWS)– Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a Índia, a Colômbia e Nova Zelândia estão relatando um aumento na atividade da gripe pandêmica, associada a complicações que resultaram em óbitos nestes países.

O Ministério da Saúde da Nova Zelândia relatou a semana passada um aumento de casos de síndrome gripal, atingindo principalmente crianças.

O Ministério da Saúde indiano relatou a ocorrência de nove óbitos por gripe suína/ H1N1 neste mês de junho no Estado de Karnataka, e quatro no estado de Maharashtra e na cidade de Kerala.  O Ministério teme um aumento de casos associados ao início, em maio, da temporada de chuvas de Monções.

As autoridades de saúde colombianas estão relatando um número crescente de casos de gripe pandêmica H1N1. Bogotá alerta para que os habitantes mantenham os cuidados associados à etiqueta da tosse, evite aglomerações, além de procurarem estar vacinados contra a influenza H1N1 pandêmica e para a influenza sazonal (Gripe comum), lembrando a necessidade de prioridade para os grupos de risco como os portadores de Asma, de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), as gestantes, e portadores de outras doenças crônicas como Insuficiência renal, HAS, e neoplasias por exemplo. O número de casos na primeira semana de junho, na cidade aumentou de 2 para 14.

A OMS reitera em concomitância através de seu relatório semanal de vigilância global da gripe, que apesar de haver focos de infecções em ascensão nestes países, a atividade do vírus pandêmico é reduzida na maior parte do mundo.

FONTES:

PULMAOSANEWS- PULMAOSA- Sua Atmosfera, Sua Vida! ®

Organização Mundial de Saúde (OMS)

ENGLISH

Three countries report growing flu activity

Curitiba-(PULMAOSANEWS) – According to World Health Organization (WHO), India, Colombia and New Zealand are reporting increased activity of influenza pandemic, coupled with complications that resulted in deaths in these countries.
The Ministry of Health in New Zealand last week reported an increase in cases of flu syndrome, affecting mainly children.
The Indian Health ministry has reported the occurrence of nine deaths from swine flu / H1N1 this month of June in the state of Karnataka, and four in the state of Maharashtra and in the city of Kerala. The Ministry fears an increase in cases associated  in May, with beginning of the monsoon rains’ season.

Colombian health authorities are reporting an increasing number of cases of pandemic influenza H1N1. Bogota warning to the inhabitants maintain the care label associated with cough, avoid settlements, and seek to be vaccinated against H1N1 pandemic influenza and seasonal influenza (flu), recalling the need for prioritizing risk groups such as patients of Asthma, Chronic Obstructive Pulmonary Disease (COPD), pregnant women, and those with other chronic diseases such as renal insufficiency, hypertension, and cancer patients for example. The number of cases in the first week of June in the town increased from 2 to 14.
WHO reiterates concomitantly through its weekly report on global surveillance of influenza, that despite outbreaks of infections on the rise in these countries, the pandemic virus activity is reduced in most of the world.

SOURCES:
PULMAOSANEWS-PULMAOSA- Lungs,Your atmosphere, Your Life! ®
World Health Organization (WHO)

%d blogueiros gostam disto: