Archive

Posts Tagged ‘pare de fumar’

Pare de fumar e diminua as viagens à Lua

18 de fevereiro de 2013 Comentários desligados

20130218-094802 AM.jpg

Pare de fumar e diminua as viagens à Lua.

O número de cigarros consumidos por dia no mundo atinge 15 bilhões por dia! Um número tão astronômico, que se colocarmos os cigarros lado a lado, a distância alcançaria o equivalente a 3.2 viagens a Lua!!!
Procure por ajuda profissional médica e pare de fumar. Sempre é tempo para parar de fumar, faça isso pela vida, faça isso por você!
Fontes:
@PulmaoSA

Panorama do parar de Fumar nos USA: “Yes we can!

16 de fevereiro de 2013 Comentários desligados

20130216-043138 PM.jpg
O gráfico acima resume a situação de queda no consumo de cigarros e derivados de tabaco nos Estados Unidos, e poderia ser chamado de “Yes we can!” ( Sim, Nós podemos parar de Fumar”) – Numa referência à frase da campanha do presidente Barak Obama.

Cristo Redentor será iluminado de vermelho para marcar o dia mundial sem tabaco no Brasil

31 de maio de 2012 Comentários desligados

Cristo Redentor será iluminado de vermelho para marcar o dia mundial sem tabaco no Brasil

20120531-054057 PM.jpg

Fonte:
PulmaoSANews

De Mãe para mãe: Dicas de como parar de fumar no dia das mães

14 de maio de 2012 Comentários desligados

De Mãe para Mãe : Dicas de como parar de fumar no dia dos mães

A @PulmaoSA tem a honra de apresentar um video do CDC, editado e legendado pelo Centro de apoio ao tabagista do Rio de Janeiro ( CAT), com dicas preciosas de uma mãe ex- fumante para parar de fumar:

Fontes:

CDC – Center for Diseases Control – USA;

CAT – Centro de Apoio ao Tabagista – Rio de Janeiro

Quantos anos o fumo envelhece?

17 de abril de 2012 Comentários desligados

Quantos anos o fumo envelhece?

Assista ao video da @PulmaoSA e constate que fumar é uma idéia velha e ruím. Fumar envelhece e altera sua aparência em pelo menos 19 anos, além de matar suas células cerebrais, os neurônios. Dito isto, é melhor parar de fumar enquanto você ainda tem neurônios que podem decidir por você!

Pulmões Sempre Trabalhando!

5 de dezembro de 2011 Comentários desligados

Melhore a Saúde do seu Pulmão: Sorria!

Pulmões Sempre Trabalhando!

Seus pulmões realizam um trabalho surpreendente todos os dias. Funcionam como uma grande hidrelétrica, fornecedora de  energia (leia-se oxigênio), para um país ( para todo o corpo).

Pulmões saudáveis  fornecem grandes quantidades de oxigênio para o sangue, e é isto que lhe permite trabalhar, andar, correr, brincar e viver bem. Eles também removem o dióxido de carbono (CO2), e outros gases residuais que seu corpo não precisa. Há muitas coisas que você pode fazer para manter seus pulmões saudáveis e livre de doença. Veja as dicas e o vídeo abaixo:

  1. Você fuma? Então, procure ajuda para parar de fumar;
  2. Evite o fumo passivo: proteja tanto você, quanto os entes queridos e mesmo os seus animais de estimação;
  3. Seja criativo para proteger os pulmões das crianças;
  4. Mantenha as suas mãos e a das crianças lavadas com água e sabão;
  5. Vacine-se contra a gripe e proteja-se com as vacinas antipneumocócicas;
  6. Proteja-se da poluição ambiental, e no trabalho procure usar Equipamentos de proteção Individual (EPI);
  7. Siga a @PulmaoSA no Twitter e Torne-se um amigo da @PulmaoSA no Facebook!
  8. Lembre-se dos remédios que não estão em frascos: Sorria mais para ter uma saúde pulmonar melhor!

 

 

FONTES:

PULMÃO S.A. – Sua Atmosfera, Sua Vida!®

YouTube Free Videos

A Relevância da DPOC na Atual Crise Econômica Mundial

14 de novembro de 2011 Comentários desligados

Dia Mundial da DPOC

A Relevância da DPOC na Atual Crise Econômica Mundial

A palávra DPOC – é uma sigla para Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica – Populamente conhecida como Enfisema pulmonar e bronquite crônica. O Objetivo deste artigo é analizar o impacto da DPOC sobre a produtividade das empresas e em concomitância avaliar a sua relevância para a crise economica mundial.

RX da DPOC e ECONOMIA

DPOC e Economia

A bronquite crônica e o enfisema pulmonar cobram um pedágio caro da economia mundial. Em 2010, o custo nacional anual da DPOC nos Estados Unidos foi estimado em cerca de 49,9 bilhões dólares pelo National Heart, Lung, and Blood Institute [1].

Nos Estados Unidos a DPOC eleva os custos de saúde empresarial pois provoca incapacidade e perda de produtividade. O ônus econômico das doenças pulmonares crónicas sobre as empresas é de fato pesado, sendo este conhecimento uma relevância vital para a gestão de negócios. De maneira que ao propiciar tratamento do tabagismo aliado a uma gestão adequada dos funcionários com esta doença progressiva pode-se economizar custos significativos para uma empresa, e ao mesmo tempo, melhorar a sua produtividade. [2,3]

Os custos médicos foram 3 vezes maior para os empregados portadores da DPOC. Absenteísmo e e o absenteismo presencial são particularmente prevalentes nesta população de pacientes. Como consequência, a sensibilização para a cessação do tabagismo no local de trabalho e implementação de incentivos bem sucedida a parar de fumar, proporcionar o  diagnóstico da DPOC, e incentivar o tratamento precoce, promove uma melhora significativa da produtividade, e reduz consideravelmente os custos para os empregadores. [4]

Normalmente, a alta administração não se interessa pela incidência de doenças ou em promover  pequenas melhorias com medicação e/ou com a prevenção vacinal de infecções, de tal sorte que estas medidas não fazem parte dos rituais para a decisão de negócios.

Mas se os CEOs soubessem que o custo de um empregado com DPOC em média é U$ 20.000 dólares/ano, ao contrário de U$ 8.000 dólares para um empregado sem DPOC – ou em outras palavrasque estão perdendo 12.000 dólares por empregado por causa da DPOC [2],  isso poderia se tornar um incentivo para fazer algo no intuito de conter as perdas de produtividade, que diga-se de passagem são desnecessárias em qualquer momento, e inclusive nesta atual crise mundial de crédito.

Educação via Fórmula Matemática: Tabagismo = DPOC + PLUS

A interação de negócios e iniciativas de regulamentação em saúde pública podem ajudar a reduzir o peso econômico desta doença, a partir da observação da existência de perdas de produtividade tanto para as empresas, quanto para a sociedade que paga seus impostos, mas certamente estes dados têm um papel crucial na prevenção e no tratamento dos portadores da DPOC.
E isto pode e deve começar com a educação sobre a doença …

Ao alertar para a necessidade de se conhecer os custos da DPOC e do tabagismo por parte dos empregadores, e seu impacto para a saúde pública visa-se  fornecer uma outra perspectiva no combate para a crise econômica nos dias de hoje.

Em outro artigo, sugeriu-se via uma “fórmula matemática” que podería expressar o impacto das doenças tabaco-relacionadas, a partir de um anagrama:
Tabagismo = DPOC + Plus [5]

Se com estes alertas pudermos ao menos contribuir para popularizar o termo DPOC, para a compreensão de que ao propiciar diagnóstico e fornecer tratamento precoce tanto para os portadores da DPOC quanto para os tabagistas é uma maneira de se aumentar a produtividade das empresas, estaremos de uma maneira gentil promovendo a diminuição da carga social e econômica sobre estes pacientes com DPOC, e quiçá também salvando vidas. Mais que Matemática, isto seria impagável!

Referências: 

  1. Lung Association. Trends in COPD (chronic bronchitis and emphysema): morbidity and mortality. February 2010. http://www.lungusa.org/findingcures/our-research/trend-reports/copd-trend-report.pdf.Accessed May 23, 2011.
  2. Bunn W, Pikelny D, Vogenberg FR, et al. Validation of employerfocused actuarial model for measuring the economic burden of chronic obstructive pulmonary disease. J Health Productiv. 2008;3:3-8.
  3. Halbert RJ, Isonaka S, George D, Igbal A. Interpreting COPD prevalence estimates: what is the true burden of disease? Chest. 2003;123: 1684-1692.
  4. Darkow T, Kadlubek PJ, Shah H, et al. A retrospective analysis of disability and its related costs among employees with chronic obstructive pulmonary disease. J Occup Environ Med. 2007;49:22-30.
  5. Nascimento, MHS. A Matemática do tabagismo = DPOC + Plus. Site PulmaoSA

Respeitosamente,
Marcos Nascimento, MD.
Professor da PUCPR Faculdade de Medicina

%d blogueiros gostam disto: